Menu
Busca Ter, 19 de maro de 2019
(67) 9.9928-2002
JUSTIÇA

MARCO AURÉLIO: SENTENÇAS PODEM SER ANULADAS COM DERROTA DA LAVA JATO

15 março 2019 - 14h45

 Após o Supremo Tribunal Federal impor uma derrota à Operação Lava Jato, o ministro da Corte Marco Aurélio Mello afirmou nesta quinta-feira (14) que a decisão sobre a competência da Justiça Eleitoral julgar crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro, pode levar à anulação de condenações, o que só ocorreria se ficar entendido que o juiz federal julgou alguém pelo crime de caixa 2, por exemplo. 

"Essas podem ser afastadas ante a incompetência absoluta do órgão que a prolatou", disse ele, que votou pela competência da Justiça Eleitoral para processar os crimes eleitorais.

De acordo com o ministro, as investigações serão "inabaladas". "Os elementos coligidos serão respeitados. Os elementos juntados nos autos, processos, serão respeitados", afirmou. Os relatos dele foram publicados no blog do Fausto Macedo.

O ministro esclareceu que nestes casos o andamento do processo não é anulado, e pode ser aproveitado por um outro magistrado que vir a analisar a investigação. "Porque nós temos já os elementos coligidos no processo. Então esses elementos que servem à instrução criminal são aproveitados", disse Marco Aurélio.

A decisão do STF não deve ter efeito imediato e os processos terão de ser analisados caso a caso. Investigados que responderam a processos na Justiça Federal devem fazer várias reclamações e argumentar, por exemplo, que os atos praticados não são legítimos, porque o juiz deveria ser eleitoral. Com informações, Brasil 247.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A Dengue, Trad e o cúmulo
Prefeito joga a culpa no povo, chamando população de criminosa
EPIDEMIA
Saúde confirma quarta morte por dengue este ano em MS
CASO SUZANO
Suspeito de envolvimento em massacre de Suzano é levado para Fundação Casa
POLÍTICA
Senador protocola CPI para investigar ministros do Supremo
TROCA RIDICULA
Trump e Bolsonaro trocam camisas das seleções de futebol
INTERIOR
Polícia do Paraguai destrói três hectares de maconha na fronteira
ECONOMIA
Mais de 150 mil têm direito a desconto na conta de luz em MS
MISTÉRIO
3 adolescentes desaparecem a caminho da escola em Bataguassu
BRASIL E MUNDO
Ligação entre PCC e máfias envolvia neto de Jânio Quadros, aponta PF
VIAGEM AOS EUA
Deus, PT, mercado e piada com homofobia: a 1ª fala de Bolsonaro nos EUA