Menu
Busca Dom, 20 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
tecnologia

11 de junho: essa é a data marcada para o fim da neutralidade de rede nos EUA

10 maio 2018 - 15h05Por Redação Notícias VIP
A internet dos Estados Unidos só tem mais um mês de liberdade. A Federal Communications Commission (Comissão Federal de Comunicações ou FCC), órgão que regula as telecomunicações no país, acaba de anunciar que as novas leis sobre neutralidade da web, aprovadas em dezembro do ano passado, finalmente começarão a valer em todo território nacional a partir do dia 11 de junho.

A ideia inicial era que as novas regras entrassem em vigor em abril; porém, antes disso, era necessário que o Escritório de Gestão e Orçamento dos EUA revisasse a proposta. Agora que isso já foi feito, a data final foi marcada pelo próprio FCC, que resolveu ainda dar mais um mês para que as provedoras se adaptem às novas regras.

A legislação, resumidamente, anula o Open Internet Order de 2015, que impedia que operadoras de internet dessem preferência de rede para um determinado tipo de conteúdo ou serviço online. Com a revogação desse texto, as empresas agora têm carta livre para, por exemplo, reduzir a velocidade de sua conexão quando o internauta estiver usando plataformas de streaming de vídeo, e aumentá-la durante a visitação de sites parceiros.

Preocupa também o fato de que as ISPs poderão bloquear o acesso a domínios que elas consideram perigosos ou desrespeitosos, o que abre margem para uma possível censura online. Embora as operadoras estejam comemorando (é óbvio), grandes empresas como a Google e até mesmo o Facebook já disseram ser contra a medida; o texto também incomoda Tim Berners-Lee, responsável pela criação da world wide web.

Nem tudo está perdido

Felizmente, ainda há uma esperança para a internet estadunidense. O Senado dos EUA pretende votar, na semana que vem, uma proposição criada pelo Partido Democrata para impedir as mudanças. Se a maioria votar a favor, a Câmara teria até janeiro de 2019 para prosseguir com a resolução, o que ao menos daria mais tempo para que forças políticas e ativistas prossigam em sua luta contra o fim da neutralidade.

Com informação do Reuters
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados