Menu
Busca Ter, 27 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

Anvisa aprova novo tratamento para câncer de pulmão

30 abril 2018 - 14h26Por Redação Notícias VIP
A Anvisa publicou a Resolução 927/2018 na edição do Diário Oficial da União (DOU) do último dia de 16 de abril aprovando a nova indicação para uso de 80 mg de osimertinibe, de nome comercial Tagrisso, uma vez ao dia, para o tratamento de primeira linha de pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático que tenha feito teste genético para identificar a mutação do tumor.

A nova indicação amplia o espectro de pacientes que podem ser tratados com o medicamento Tagrisso que já estava aprovado pela Anvisa como segunda linha de tratamento, ou seja, em pacientes que não respondiam bem ao medicamento inicial.

De acordo com o estudo clínico que subsidiou a nova indicação do Tagrisso, existe a necessidade de confirmação, por meio de teste laboratorial, de que o tumor a ser tratado apresenta dois tipos específicos de mutações genéticas.

A aprovação foi baseada num estudo multicêntrico, internacional, randomizado, duplo-cego e controlado (FLAURA) conduzido em 556 pacientes positivos para tumores com as referidas mutações. 

Com informações do Portal Anvisa.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fortaleza-CE
PF realiza operação contra suspeito de fraudar Auxílio Emergencial
Brasil
PF combate grupo criminoso que atuava com garimpo ilegal em Pernambuco
Brasil
Apresentador achado em RR teve braços quebrados e amarrados
Brasil
Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes
Lava Jato
"Tive câncer no estômago", diz João Santana, marqueteiro de Dilma e Lula
Campo Grande
Justiça retira Harfouche da campanha para prefeito de Campo Grande
Polícia
PF prende auditor da Receita que jogou notebooks no lixo em operação contra propinas da Qualicorp e da Rimo
Willians Gonçalves Nogueira foi alvo de buscas da Operação Triuno, assim como os fiscais Roberto Augusto Ribeiro e Eli Guedes da Silva
STF
Tese proposta no STF dificulta contratação de advogados sem licitação, diz OAB
Brasil
CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
Operação Omertà
Ex-guarda municipal é solto, mas com tornozeleira.