Menu
Busca Sex, 30 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
MUNDO DIGITAL

Aplicativo bloqueia o celular do seu filho até ele responder as suas mensagens

16 janeiro 2019 - 15h30

Provavelmente, você deu um celular para o seu filho ou para a sua filha com a tranquilidade de saber sempre onde encontrá-los. Uma chamada ou uma mensagem e você sabe onde estão ou o que estão fazendo. Mas isso nem sempre funciona assim, pois as crianças podem passar horas brincando com o smartphone sem dar nenhuma resposta. Pensando nisso, um pai "desesperado" criou um aplicativo capaz de bloquear a tela do celular até que as mensagens sejam respondidas.

O aplicativo, denominado ReplyASAP, assume o controle do dispositivo e impede que o usuário continue a usá-lo até que ele responda às mensagens. Depois disso, é possível continuar o que se está fazendo sem problemas.

 

Celular totalmente bloqueado

Reprodução

Para usá-lo, o aplicativo deve ser instalado em ambos os dispositivos e o usuário deve aceitar o convite para poder receber mensagens. Isso evita alertas e controles intrusivos sem qualquer tipo de permissão. Caso o segundo usuário não aceite o convite, o primeiro não poderá enviar mensagens.

Quando os dois usuários tiverem o aplicativo instalado e as permissões aceitas, poderão começar a usá-lo. Quando? Cada um deve estabelecer seus limites de espera. Por isso, se depois de várias tentativas frustradas de entrar em contato com o seu filho ou filha, você decidir usar o app, será enviada uma mensagem explicando que caso a criança não responda as mensagens ou chamadas, o acesso à rede móvel será cortado.

E se a criança estiver com o smartphone no modo silencioso? Sem problemas, pois o desenvolvedor pensou nisso e o aplicativo funciona mesmo que o receptor tenha configurado o modo silencioso. Nesse caso, o app ativa um alarme que soa insistentemente para chamar a atenção do usuário e não parar até que a mensagem seja atendida.

 

E a privacidade?

Embora o aplicativo tenha sido desenvolvido para pais e filhos, a verdade é que seu uso pode ser estendido para entrar em contato com pessoas mais velhas, localizar colegas de trabalho em casos de urgência ou pedir ajuda.

Ele também pode ajudá-lo a localizar um celular que você perdeu em casa, basta enviar a mensagem para o alarme começar a tocar. Claro, você deve ter instalado o aplicativo nesses celulares também.

 

Reprodução

O desenvolvedor do app, Nick Herbert e seu filho

 

Invasivo? Talvez o aplicativo possa exceder os limites de privacidade, especialmente quando usado para finalidades para as quais não foi criado. O criador do aplicativo, Nick Herbert, garantiu que ele chegou a um acordo com seu filho para usá-lo apenas para situações importantes. Portanto, é sempre bom estabelecer conversar e estabelecer certos padrões.

No momento, o ReplyASAP está disponível apenas no Android, mas Herbert disse que já está trabalhando para lançá-lo no iOS. Mais um detalhe: o app é baixado gratuitamente e a primeira mensagem também não tem custo, porém, depois disso, começa a ser cobrado.

O desenvolvedor explica que houve uma grande procura pelo app e, quando era gratuito, para cada conexão feita ele tem que pagar pela mensagem de texto que é enviada para conectar os dois usuários. A explicação na íntegra está disponível na página do facebook do desenvolvedor. Com informações Olhar Digital.

 

 

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana