Menu
Busca Sb, 18 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Política

Bolsonaro discute revogar norma que proíbe venda direta de combustível

15 janeiro 2020 - 18h32Por Plantão de Notícias

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (15), em Brasília, que está discutindo a possibilidade de revogação de norma da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que proíbe a venda direta de combustíveis aos postos.

O presidente se reúne nesta quarta-feira com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para tratar desse assunto, entre outros.

Venda direta de combustível

Ao deixar o Palácio da Alvorada, pela manhã, Bolsonaro defendeu novamente que seja autorizada a venda direta de etanol das usinas para os postos de combustíveis e também de outros derivados do petróleo. Segundo ele, isso poderia reduzir em cerca de 20 centavos o valor do litro do combustível.

“Não é apenas a venda direta de etanol para o posto de combustível, é de outros derivados também. Nós importamos óleo diesel, gasolina, por que não do porto ir diretamente para o posto de gasolina? Por que tem que viajar centenas de quilômetros?”, questionou.

Atualmente, a norma da ANP estabelece que todo combustível deve passar por empresa distribuidora antes de chegar às bombas dos postos.

De acordo com o presidente, ele está em contato com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para tratar da revogação dessas normas. “Conversando com Rodrigo Maia, muitas vezes não depende da decisão [da ANP], depende de revogar decisão e o Congresso tem poder para revogar essas decisões”, disse.

Ao falar sobre o trabalho das agências reguladoras, o presidente destacou que elas “são importantes, autônomas, mas não são soberanas”.

Um projeto de lei que libera a venda direta está tramitando na Câmara dos Deputados e já foi aprovado pela Comissão de Minas e Energia no fim de 2019.

 

Agência Brasil

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Seguradora diz ter recebido 386 mil pedidos de restituição do Dpvat
Campo Grande
Veterinária morre depois de sair de motel em surto
Ciência
Cientistas ficam de cabelo em pé ao ver filhotes de lobo brincar de buscar bolas
Crime Organizado
Pistoleiros que mataram advogada continuarão presos
Sorte ou Azar
Hoje tem 27 milhões na Mega-Sena
Campo Grande
A imagem diz tudo, Campo Grande tem prefeito incompetente.
CEF
Quina sorteada nesta sexta (17/01) acumulou, confira os números.
Brasília
José Paulo Martins vai assumir interinamente Secretaria da Cultura
Chapadão do Sul
Criança é torturada por ter urinado na cama
Campo Grande
Campo Grande e seus problemas tradicionais