Menu
Busca Qui, 23 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Geral

Brasil terá safra recorde de 278,7 mi t em 20/21 puxada por soja e milho, diz Conab

25 agosto 2020 - 11h07Por Plantão Nv

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de grãos e oleaginosas do Brasil 2020/21 foi estimada nesta terça-feira em recorde de 278,7 milhões de toneladas, alta de 8% ante a temporada anterior, com o impulso da produção de soja e milho, afirmou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em sua primeira projeção para o novo ciclo.

A Conab estimou aumento de 7% na área plantada com milho no Brasil em 2020/21, apontando uma produção total de 112,9 milhões de toneladas.

Já a safra de soja, o principal produto do agronegócio do Brasil, que tem na oleaginosa o carro-chefe da exportação, deverá atingir 133,5 milhões de toneladas, com aumento de 3% na área plantada.

“A boa rentabilidade do milho e da soja na safra que se encerra estimula os produtores brasileiros a aumentar a área dessas culturas no período de 2020/21”, disse a estatal em nota, acrescentando que os cálculos são baseados em inúmeros dados de campo, previsões climática e imagens de satélites.

A Conab ainda previu redução de 11% na área plantada com algodão no Brasil em 2020/21, com o mercado sendo atingido por efeitos da pandemia.

Por Roberto Samora

Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fogo
Combate aos incêndios no Pantanal mobiliza 510 homens e seis aeronaves: incidência de focos é menor em três anos críticos
Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.