Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Brasil e Mundo

Chefe da OMS diz confiar que EUA vão manter financiamento na luta contra coronavírus

13 abril 2020 - 15h45Por Plantão de notícias

GENEBRA/ZURIQUE (Reuters) - O chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta segunda-feira confiar que os Estados Unidos continuarão a financiar a agência que lidera a resposta global à pandemia de Covid-19, apesar de críticas recentes do presidente norte-americano, Donald Trump.

O diretor-geral da OMS também disse que os países da Europa que consideram levantar as medidas de isolamento social devem ser orientados pela necessidade de proteger a saúde humana, acrescentando: “As medidas de restrição devem ser levantadas lentamente e com controle”.

Tedros, perguntado por um jornalista norte-americano sobre relatos de que Trump pode cortar o financiamento nesta semana, disse que conversou com o líder norte-americano há duas semanas.

“O que sei é que ele é favorável e espero que o financiamento à OMS continue. O relacionamento que temos é muito bom e esperamos que isso continue”.

Reportagem de Stephanie Nebehay e Silke Koltrowitz

Agência Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito