Menu
Busca Qui, 23 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Internacional

Chuvas do Ida inundam lares em Nova York e deixam 44 mortos

Resquícios do furacão provocaram chuvas torrenciais

04 setembro 2021 - 10h11Por Reuters

Enchentes mataram pelo menos 44 pessoas em quatro estados do nordeste dos Estados Unidos (EUA), depois que resquícios do Furacão Ida desencadearam chuvas torrenciais que arrastaram carros, deixaram linhas do metrô de Nova York submersas e impediram voos, disseram autoridades nessa quinta-feira (2).

Em grande parte de Nova York, Nova Jersey, Pensilvânia e Connecticut, moradores passaram o dia lidando com porões alagados, blecautes, tetos danificados e pedidos de ajuda de amigos e familiares ilhados por inundações.

Pelo menos 13 pessoas morreram na cidade de Nova York, assim como três no condado suburbano de Westchester. O governador de Nova Jersey, Phil Murphy, disse, em um tuíte, que ao menos 23 pessoas do estado foram mortas por causa da tempestade.

Três pessoas foram encontradas mortas em um porão do bairro nova-iorquino de Queens, e quatro moradores de Elizabeth, em Nova Jersey, morreram em um complexo residencial público, inundado por 2,4 metros de água.

O presidente dos EUA, Joe Biden, declarou emergência nos estados de Nova Jersey e Nova York e determinou assistência federal para ajudar nos esforços locais de recuperação, informou a Casa Branca.

Avenidas foram transformadas em correntezas semelhantes a rios em minutos, quando os aguaceiros chegaram na noite de ontem, prendendo motoristas nas águas que subiram rapidamente. Dezenas de veículos foram encontrados abandonados em avenidas. No condado de Somerset, em Nova Jersey, ao menos quatro motoristas perderam a vida, disseram autoridades.

Uma vítima de Maplewood Township, em Nova Jersey, foi arrastada enquanto parecia retirar destroços de bueiros, contou a polícia.

"Infelizmente, algumas pessoas faleceram como resultado disso", disse Murphy em entrevista coletiva em Mullica Hill, na parte sul do estado, onde um vendaval destruiu várias casas.

O Serviço Nacional do Clima confirmou que dois vendavais que arrancaram árvores também atingiram Maryland na quarta-feira, um em Anápolis e outro em Baltimore. Um jovem de 19 anos morreu, tentando resgatar a mãe de um apartamento inundado de Rockville, em Maryland, de acordo com o jornal The Washington Post.

A devastação ocorreu três dias depois de o Ida, um dos furacões mais fortes a atingirem a Costa do Golfo dos EUA, chegar à terra firme no domingo na Louisiana, destruindo comunidades inteiras.

* Reportagens adicionais de Kanishka Singh, Maria Caspani, Peter Szekely, Jarrett Renshaw, Doina Chiacu, Susan Heavey, Nandita Bose, Daniel Trotta e Dan Whitcomb 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fogo
Combate aos incêndios no Pantanal mobiliza 510 homens e seis aeronaves: incidência de focos é menor em três anos críticos
Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.