Menu
Busca Qua, 28 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
BRASIL E MUNDO

Cientista da Indonésia é devorada viva por crocodilo de 5 metros!

Deasy Tuwo, de 44 anos, tentava alimentar animal. Réptil escalou uma parede de 2,4 m de altura até alcançar a mulher e puxá-la para dentro d'água

14 janeiro 2019 - 13h20

A cientista indonésia Deasy Tuwo, de 44 anos, foi devorada viva por um crocodilo de aproximadamente 5 m de comprimento enquanto tentava alimentá-lo na última semana. O caso foi divulgado nesta segunda-feira (14) pelo jornal britânico The Sun.

Segundo a publicação, o réptil — que vive no Yosiki Laboratory, na Indonésia — saiu do local onde estava isolado na última sexta-feira (11) e escalou uma parede de 2,4 m de altura até alcançar a cientista e puxá-la para dentro d'água. Veja o vídeo.

Deasy Tuwo foi encontrada por colegas de trabalho no mesmo dia, depois que eles notaram uma "forma estranha" no lago. Na mandíbula do animal, foram achadas partes do corpo da cientista.

O réptil, de nome Merry, já havia matado outro crocodilo com quem dividia o lago. A equipe do laboratório conhecia a natureza agressiva do animal. Ele será enviado a um centro de resgate da vida selvagem no distrito de Bitung, ao norte da Indonésia, enquanto a polícia tenta rastrear um empresário japonês que pode ser seu dono. Com informações R7.

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana