Menu
Busca Qua, 22 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Brasil

Dinamarca fará lockdown depois de rastrear coronavírus modificado em visons

05 novembro 2020 - 13h00Por N.V

COPENHAGUE (Reuters) - Partes da Dinamarca enfrentarão medidas novas e mais rígidas de lockdown agora que autoridades de saúde descobriram uma linhagem de coronavírus modificado em visons e em pessoas do norte do país.

O governo disse que abaterá todas os visons para evitar o contágio humano do coronavírus modificado, que autoridades disseram poder ser mais resistente a futuras vacinas.

A decisão de abater até 17 milhões de animais, o que pode custar ao Estado mais de 800 milhões de dólares, levou alguns parlamentares a exigirem provas que a justifiquem.

“Estamos pedindo para que elas (provas) sejam enviadas para que possamos avaliar a base técnica”, disse o porta-voz do Partido Liberal à emissora TV2 na quarta-feira.

A associação dinamarquesa de criadores de visons falou em um “dia sombrio para a Dinamarca” e disse que a decisão do governo equivale a um dobre fúnebre para a indústria de couro não curtido do país.

“É claro, não devemos ser a causa de uma nova pandemia. Não conhecemos a base profissional para esta avaliação e risco... mas a decisão do governo é um desastre para a indústria e a Dinamarca”, disse seu presidente, Tage Pedersen.

Em sua fazenda de criação de visons, Hans Henrik Jeppesen disse estar devastado com a decisão.

“Esta é uma situação muito, muito triste para minha família e eu”, disse ele à Reuters.

Por Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.
CPI no Senado Federal
A diferença de pensamento entre os Ministros do STF, Carmen, Nunes Marques e Rosa Weber.
Ministros divergem sobre obrigação de convocados à CPI da Covid