Menu
Busca Dom, 20 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
VIOLÊNCIA

Engenheiro confundido com Antonio Fagundes passa bem após agressão

19 maio 2018 - 12h25Por Valquíria Rodrigues
O homem que aparece em um vídeo embriagado e levando tapas em um posto de combustíveis disse ao G1 estar bem após a agressão sofrida. As imagens viralizaram em redes sociais nesta quinta-feira (17) por causa da semelhança da vítima, de 62 anos, com o ator Antonio Fagundes. O assunto ficou entre os mais comentados do Twitter.

"Estou bem, estou bem. Eu e meu advogado estamos reservados em falar sobre o caso", disse por telefone o engenheiro aposentado, que prefere não ter o nome divulgado.

A violência aconteceu no dia 5 deste mês em Alphaville, na Grande São Paulo, e foi gravada por celular. Nas imagens, o agressor, um homem alto e forte, desfere dois tapas fortes no rosto do engenheiro, que cai no chão a cada um dos golpes. Em seguida, o agressor aparenta mostrar uma arma para a vítima.
A voz e a aparência física do engenheiro no vídeo se assemelham de tal forma às do ator, que o próprio Fagundes fez questão de se pronunciar para desmentir o caso. A TV Globo também confirmou que não se trata do ator.

O engenheiro deve prestar depoimento informal no Distrito Policial de Santana de Parnaíba na próxima semana, segundo a delegada titular Izabel Ferraz. Preliminarmente, a vítima informou à polícia que ouvia música no posto de combustíveis quando um homem se aproximou e pediu para baixar o volume. Posteriormente, soube-se que o agressor era segurança do local.

"O caso ainda está como de autoria desconhecida. Foi registrado um boletim de ocorrência de lesão corporal e ameaça", disse a delegada.

Posto

A reportagem do G1 foi até o posto de combustíveis e conversou com um homem que se apresentou como gerente do estabelecimento, mas que não quis se identificar pelo nome.

Num primeiro momento, ele disse que conversou com os funcionários que trabalham no turno sobre uma possível agressão no local na madrugada do dia 5, mas acrescentou que não recebeu informes da equipe.

Ele chegou a sugerir que o caso poderia ter ocorrido em outro posto de mesma bandeira, na mesma Avenida Yojiro Takaoka, mas a delegada confirmou se o registro dos fatos foi mesmo neste posto de combustíveis. O gerente ainda comentou que o local é frequentado por muitos policiais e que a vítima poderia ter se estranhado com algum deles.

Comerciantes do entorno descreveram a vítima como sendo uma pessoa muito querida, que gosta de frequentar o comércio local e ficar conversando com amigos.

A gerente de outro posto de combustível disse que o engenheiro era um bom cliente e que apenas deixou de frequentar o local após o fechamento da loja de conveniências.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados