Menu
Busca Qui, 02 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
maldade

Engenheiro russo envenenou colegas como vingança por não ser promovido

10 abril 2018 - 17h41Por Redação Notícias VIP
Um habilidoso designer russo de uma empresa de defesa ultra secreta decidiu vingar-se de dois dos seus colegas, dando-lhes veneno para ingerir.

Vladislav Shulga, de 37 anos, ficou fulo por não ser promovido, e decidiu colocar um liquido tóxico, conhecido como veneno de Saddam Hussein, na água do chefe.

O seu ato de vingança terá tido consequências inofensivas para os principais visados, mas acabou por afetar outros dos seus colegas, noticia o Mirror.

Sabe-se que o dono da empresa não sofreu quaisquer danos, enquanto o vice ficou paralisado da cintura para baixo.

Outros colegas também denunciaram ter sofrido consequências com o ato de vingança, com muitos a queixarem-se de queda de cabelo e de doenças crónicas.

Depois de várias queixas, e de a polícia ter começado a investigar, Shulga admitiu o seu ato e enfrenta agora uma pena de cinco anos de prisão.
CORONA 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Governo zera IOF sobre crédito, adia entrega de declaração de IRPF e anuncia novo diferimento de tributos
Política
Bolsonaro pretende reunir-se com governadores para buscar reativar a economia.
Brasília
Ministra nega desabastecimento no Brasil
Coronavirus
Médicos avisam Mandetta de convite para reunião na Presidência, e ministro se surpreende: 'Não fui chamado'
Câmara dos Deputados Federais
Faleceu o Deputado Federal Luis Flávio Gomes (PSB)
Eleições 2020
Prazo para filiação de partidos para eleições 2020 será mantido em 4 de abril
OMS
OMS: chegaremos a 1 milhão de casos e 50 mil mortes nos próximos dias
Pecuária
Aprovada autorização para prorrogação de contrato com veterinários pelo MAPA
Saúde
Morre a vítima mais jovem do Coronavirus
Saúde
Índios infectados pelo Coronavirus na Colômbia