Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
maldade

Engenheiro russo envenenou colegas como vingança por não ser promovido

10 abril 2018 - 17h41Por Redação Notícias VIP
Um habilidoso designer russo de uma empresa de defesa ultra secreta decidiu vingar-se de dois dos seus colegas, dando-lhes veneno para ingerir.

Vladislav Shulga, de 37 anos, ficou fulo por não ser promovido, e decidiu colocar um liquido tóxico, conhecido como veneno de Saddam Hussein, na água do chefe.

O seu ato de vingança terá tido consequências inofensivas para os principais visados, mas acabou por afetar outros dos seus colegas, noticia o Mirror.

Sabe-se que o dono da empresa não sofreu quaisquer danos, enquanto o vice ficou paralisado da cintura para baixo.

Outros colegas também denunciaram ter sofrido consequências com o ato de vingança, com muitos a queixarem-se de queda de cabelo e de doenças crónicas.

Depois de várias queixas, e de a polícia ter começado a investigar, Shulga admitiu o seu ato e enfrenta agora uma pena de cinco anos de prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa