Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Brasil e Mundo

Espanha sofre com o Coronavirus

02 abril 2020 - 07h00Por Plantão de Noticias

A Espanha superou nesta quinta-feira a barreira dos 10.000 mortos em consequência da pandemia de coronavírus, com 950 vítimas fatais em 24 horas, o novo recorde diário no país, anunciou o ministério da Saúde.

O boletim do ministério registra 10.003 mortes até o momento, um aumento diário de 10,5%, um percentual quase idêntico ao de quarta-feira. Os casos confirmados alcançam 110.238, o que representa uma leve desaceleração na comparação com quarta-feira.

A evolução interrompe a contínua queda observada a cada dia desde quarta-feira 25 de março, quando o aumento do balanço foi de 27%.

“Os dados demonstram que a curva se estabilizou e que atingimos o primeiro objetivo de chegar ao pico da curva. Estamos começando a fase de desaceleração da epidemia”, explicou o ministro da Saúde, Salvador Illa, ao apresentar uma avaliação global dos dados desde a semana passada.

O total de falecidos aumentou por 10 em menos de duas semanas, desde 20 de março, no segundo país do mundo com mais mortes por causa da Covid-19, atrás apenas da Itália.

Os casos confirmados na Espanha superam 110.238, o que representa uma pequena desaceleração na comparação com quarta-feira, quando superou a barreira dos 100.000 casos.

O número de pessoas curadas alcança 26.743, quase quatro mil a mais que na quarta-feira.

As regiões mais afetadas continuam sendo Madri, com pouco mais de 40% das vítimas fatais (4.175), e Catalunha, que superou a barreira de duas mil mortes (2.093).

As duas regiões estão com as emergências de vários hospitais saturadas pelo intenso fluxo de enfermos, o que forçou, de acordo com vários depoimentos, a restringir as internações e privilegiar as pessoas com melhor histórico clínico.

“Sei que estão passando provavelmente pelo momento mais difícil de sua carreira profissional”, disse o ministro Illa aos profissionais da saúde.

“Ainda restam semanas difíceis para nosso sistema de saúde”, completou.

Os espanhóis estão confinados desde 14 de março, por decreto do governo, e a medida deve prosseguir pelo menos até 11 de abril.

O país interrompeu nesta semana e na próxima as atividades “não essenciais”, o que reduziu ainda mais os deslocamentos da população.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito