Menu
Busca Seg, 14 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Internacional

'Estocamos água e comida', fala campo-grandense que está no Japão

País foi atingido pelo tufão Hagibis neste sábado. Moradores relatam chuva forte.

12 outubro 2019 - 14h00Por G1

A campo-grandense Patrícia Oshiro, está há quase 1 ano no Japão, país que foi atingido neste sábado (12) pelo tufão Hagibis, e conta que os moradores de lá tiveram que se preparar para a passagem da tempestade. "Estocamos água, comida não perecível e a orientação foi encher o ofurô com água também".

De acordo com Patrícia, a cidade onde mora com a irmã e o cunhado é uma das mais bem preparadas para passagens de tempestades e terremotos. "Estamos todos bem". Ela diz ainda que foram "dois dias de loucura" nos supermercados e houve falta de alguns produtos.

Segundo ela, o tufão desviou da cidade onde mora, porém chove forte há horas e alertas de emergência são recebidos nos celulares várias vezes .

Alda Tanaka também é de Campo Grande e está no Japão. "Aqui em Aichi Ken Toyohashi-Shi graças a Deus não foi forte , só o vento e a chuva. Mas em outras cidades foi bem castigado, e ainda por cima teve um terremoto de leve na cidade de Chiba ken".

 

Tufão

O Hagibis, um dos mais poderosos das últimas seis décadas na região, chegou ao Japão com fortes ventos e provocando inundações neste sábado (12). Uma pessoa morreu e 33 ficaram feridas. Há relatos de desaparecidos.

O tufão tocou o solo em Shizuoka, na península de Izu, no sudeste de Tóquio, às 19h (no horário local). Hagibis, que significa "velocidade" em filipino, avança com ventos máximos sustentados de 162 km/h, segundo a agência meteorológica do japão (JMA).

Alertas para risco de inundações e deslizamentos foram emitidos para Tóquio e outras cidades, como Gunma, Saitama, Kanagawa e Fukushima. Cerca de 17 mil policiais e militares foram mobilizados para as operações de resgate. Segundo informações, G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Ciro Gomes sobre Luciano Huck: “Chega de mandar estagiário para a Presidência”
Capital
Homem é morto na frente de casa com seis tiros em bairro de Campo Grande
Internacional
Tufão Hagibis causa dezenas de mortes no Japão
Jogo de ontem
Zagueiro Marquinhos reconhece atuação ruim da seleção em Cingapura
Interior
Ao sair de festa, jovem é abordado por 10 rapazes e esfaqueado em Aquidauana
Polêmica nas redes sociais
Eduardo Bolsonaro ironiza sigla LGBT em camiseta
Caixa das laranjas
Notas fiscais reforçam a suspeita de caixa 2 na campanha do PSL de 2018
Campo Grande - sem efetividade
Trad não consegue evitar aumento de acidentes
Justiça
Justiça determina que governo contenha avanço de óleo em Sergipe
Interior
Três moradores em Guia Lopes são mortos e um é ferido na boca em possível tentativa de latrocínio em Corumbá