Menu
Busca Qua, 12 de maio de 2021
(67) 9.9928-2002
Tecnologia

Estudantes criam startup de telefonia e vão representar Brasil nos EUA

23 abril 2018 - 13h48Por Redação Notícias VIP
Criada por estudantes de universidades brasileiras, a startup Fluke foi selecionada para ser a representante do país na International Business Model Competition (IBMC). A competição, que ocorrerá em maio em Utah, nos Estados Unidos, premia o melhor modelo de negócio universitário do mundo.

Pensada por alunos da Universidade de São Paulo (USP), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Universidade Paulista (Unip), a Fluke quer se tornar uma operadora de telefonia virtual, visando a personalização do atendimento e a transparência.

?[A ideia é] você não ter muita burocracia para poder montar o plano da maneira que você quer. Você consegue colocar, pelo aplicativo, o pacote que quer, já lança o preço e pode já contratar ou alterar o seu plano. Sem burocracia, sem ter que passar por intermediário?, explica Marcos de Oliveira Junior, aluno do curso de Engenharia de Produção da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP e um dos idealizadores da startup fundada em junho do ano passado.

?Na questão da transparência, você terá acesso, pelo nosso aplicativo, a seu padrão de consumo em tempo real, se a franquia de dados está acabando, quanto você está consumindo e com o que está mais consumindo?, acrescentou.

Planejada para ter início de funcionamento no próximo ano, a operadora deve adotar o DDD 16, informa o Diário de Pernambuco, e quer focar no público universitário da região.

?A gente tem São Carlos, Araraquara e Ribeirão Preto, em São Paulo. São 3 milhões de chips e 300 mil universitários. Então, 10% da população são o denso do nosso público. Por isso, a gente tem que começar lá e depois ir expandindo gradual?, destacou Marcos.

As plataformas referentes à transparência já estão prontas. Segundo os estudantes, isso permitem que o cliente consiga acessar padrões de consumo, a interface de comunicação com o usuário final e o plano de publicidade. Os contratos com as operadoras físicas ainda estão em negociação.

Para que possam ir ao evento nos Estados Unidos, os alunos estão fazendo um financiamento coletivo, a fim de arrecadar R$ 30 mil. Para o investimento incial da operadora de telefonia virtual eles estimam R$ 6 milhões.
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo e temperatura
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Covid 19
Dezenas de corpos de possíveis vítimas da covid aparecem na Índia
Campo Grande
Moradores de bairros reclamam de sujeira e insegurança em Campos Grande
Saúde
Após ultrapassar mais de seis mil mortes, MS registra 653 novos casos da Covid-19
Mato Grosso do Sul
Novos secretários da Casa Civil e da Cidadania tomam posse nesta segunda-feira
Campo Grande
Infestação de pragas urbanas alarma moradores de Campo Grande
Vacina
Mato Grosso do Sul recebe novo lote de vacina da Pfizer nesta segunda-feira
F1
Hamilton sobre GP da Espanha de F1: “Aprendi muito sobre Max hoje”
Poluição
Marinha: três navios são suspeitos por manchas de óleo no NE em 2019
Saúde
Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens