Menu
Busca Ter, 25 de janeiro de 2022
(67) 9.9928-2002
Internacional

EUA e Alemanha querem novas restrições; Ômicron preocupa investidores Países temem que variante ameace tentativa de recuperação econômica

02 dezembro 2021 - 09h30Por Agência Brasil EBC

Os Estados Unidos (EUA) e a Alemanha se juntaram a países ao redor do mundo que planejam adotar restrições mais rígidas contra a covid-19 nesta quinta-feira (2), conforme a nova variante Ômicron do coronavírus sacode os mercados, temerosos de que a cepa possa ameaçar a tentativa de recuperação econômica.

Ainda não se sabe muito sobre a Ômicron, que foi detectada pela primeira vez na África do Sul no dia 8 de novembro e já se disseminou em ao menos duas dúzias de países. Partes da Europa estão sofrendo com uma disparada de infecções da mais conhecida variante Delta à medida que o inverno se instaura.

A Ômicron também pode se tornar a variante predominante da covid-19 na França até o final de janeiro, disse o principal conselheiro científico do país nesta quinta-feira, depois que a França e os Estados Unidos relataram seus primeiros casos e países de todo o mundo endureceram restrições. 

 Por Joseph Nasr e Jeff Mason - Repórteres da Reuters - Berlim e Washington

Reuters
anuncie aqui

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Número de mortos pela covid-19 no Brasil passa de 620 mil
Arma
Ameaça à paz mundial
Brasília
Agência Brasil explica como tirar e renovar a CNH
Covid 19
País tem 24.382 novos casos de covid-19 e 44 mortes em 24 horas
Meteorologia
Mato Grosso do Sul segue com tempo instável no final de semana
Economia
IGP-DI fecha 2021 com inflação acumulada de 17,74%
Saúde
Ministério da Saúde prorroga Programa Mais Médicos por um ano
Geral
Bolsonaro deixa hospital e ataca Ivete Sangalo após coro em show
Covid
Covid-19: Brasil registrou 22,35 milhões de casos e 619,5 mil óbitos
Saúde
Consulta pública rejeita prescrição médica para vacinar crianças