Menu
Busca Qui, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Bolívia

Evo Morales convoca novas eleições na Bolívia

10 novembro 2019 - 11h05

Os derrotados nas urnas transformaram a Bolívia em um país em convulsão social.

Dois governadores e uma prefeita aliados do presidente Evo Morales foram agredidos, pintados de rosa e tiveram suas moradias incendiadas pelo vandalismo incentivado por políticos contrários a Evo e traficantes, além de policiais e políticos corruptos.

Ontem as casas das irmãs do presidente foram incendiadas.

Um senador foi ameaçado de morte e teve sua casa incendiada 

Os militares bolivianos fazem "corpo mole" e permitem as agressões às pessoas e vandalismo a bens públicos e privadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
"Trad parece que gosta de ver a população no buraco e lixo.", reclamou morador
Brasília
Bolsonaro evita imprensa
Polícia
Giroto está desesperado para sair da cadeia
Saúde
Coronavírus: Japão desembarca tripulação do navio Diamond Princess
Política
Senadores têm 12 dias de 'recesso' e retornam em março
Brasília
Senadores reagem à vídeo de Bolsonaro
Brasil e Mundo
Segredos do lado oculto da Lua são revelados por missão da China
Política
Bolsonaro não pode justificar vídeos contra Congresso como 'conversa pessoal', dizem constitucionalistas
Economia
Dólar aproxima-se de R$ 4,45, e bolsa cai 7% com coronavírus
Ceará
Ceará cria comissão para tentar intermediar fim do motim de policiais