Menu
Busca Sáb, 06 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Acidente de trabalho

Explosão na CSN deixa trabalhadores com sinais de intoxicação em Volta Redonda

Funcionários inalaram pó, diz Companhia Siderúrgica Nacional. Acidente aconteceu no setor de aciaria, onde o ferro-gusa é convertido em aço.

15 maio 2019 - 10h15

Um acidente na Companhia Siderúrgica Nacional, a CSN, em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro, deixou de 20 a 30 funcionários com sinais de intoxicação na manhã desta quarta-feira (15). Ainda não é possível confirmar o número exato de trabalhadores atingidos.

Houve um grande barulho de estouro no início da manhã. Pela cidade, também era possível ver no céu uma grande nuvem de fumaça saindo da siderúrgica, na altura da Vila Santa Cecília.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, o acidente aconteceu no setor de aciaria, onde o ferro-gusa é convertido em aço

Acidente aconteceu no setor de Aciaria da CSN — Foto: Arquivo pessoal
Acidente aconteceu no setor de Aciaria da CSN — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, a CSN informou houve uma reação que provocou um deslocamento de ar durante a retirada de escória da panela de aciaria, e os funcionários que estavam no local inalaram pó.

"A CSN informa que durante a retirada de escória da panela de aciaria houve uma reação que provocou um deslocamento de ar, acompanhado por emissões fugitivas que duraram poucos minutos. Os colaboradores que estavam no local foram atendidos pela equipe médica da CSN por terem inalado pó e encaminhados preventivamente para atendimento hospitalar. A empresa está prestando toda a assistência aos colaboradores e investigando as causas da ocorrência.

Ainda de acordo com o sindicato, os casos mais graves foram encaminhados para o Hospital das Clínicas de Volta Redonda. Os demais foram atendidos pelo departamento médico da empresa.

Procurada pelo G1, por volta das 10h, a unidade médica disse que ainda não era possível informar o estado de saúde porque as vítimas estavam em atendimento. A CSN também não detalhou a gravidade dos ferimentos dos funcionários.

Segundo acidente este ano
No dia 30 de março, sete funcionários foram levados ao hospital pelo mesmo motivo desta quarta-feira: inalaram fumaça depois de uma reação que provocou um deslocamento de ar no setor da aciaria. Dois trabalhadores precisaram ficar internados, um deles na UTI, e receberam alta dias depois.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
"Pedreiro assassino" que matou 6 quer depor, mas seu advogado não deixa.
Mato Grosso do Sul
MS já soma 65% dos municípios com pacientes confirmados de coronavírus
São Paulo
Justiça proíbe manifestação na Avenida Paulista neste domingo
Geral
Complexo da Fiocruz dará autonomia em vacinas para o Brasil
Economia
BNDES cria programa de apoio à pequena e média empresa
Geral
Manifestações amanhã em SP terão esquema reforçado de segurança
Politicos
Paulinho da Força é condenado a 10 anos de prisão pelo STF
Polícia
Jamil Name estará de volta para o presídio de Campo Grande, MS.
Marquinhos Trad
Prefeito de Campo Grande realiza ato de incineração de 200 pipas e 280 carretéis de linha.
Campo Grande
Festas foram canceladas, aglomeração desfeita pela GCM