Menu
Busca Sex, 30 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
TRAIÇÃO

Homem confessa que matou esposa após flagrar traição dentro de casa em SP

Adão de Carvalho Júnior foi preso em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na manhã deste domingo (24). Crime ocorreu em Mogi Mirim (SP), no interior paulista, no fim de janeiro.

25 fevereiro 2019 - 13h30

Preso em flagrante após cumprimento de um mandado de prisão preventiva, Adão de Carvalho Júnior, até então apontado pela polícia como suspeito de matar a ex-mulher, Bruna Aparecida Rodrigues Pediani, de 30 anos, confessou o crime. Em depoimento a polícia, ele justificou o crime afirmando que sentiu ciúmes ao ver a companheira com outro rapaz. Ele foi transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande, no litoral paulista.

Júnior foi preso em uma residência do bairro Guilhermina por equipes da Polícia Militar. Ele estava desaparecido desde que o corpo de Bruna foi encontrado, em 1º de fevereiro. Estima-se que o crime tenha ocorrido em 28 de janeiro, data em que ela desapareceu.

O suspeito ficou 21 dias foragido. Foi a PM que cumpriu o mandado após saber a localização do suspeito, que estava morando em uma residência em Itanhaém. No domingo, ele foi à Praia Grande, onde aguardava uma carona para retornar à Mogi Mirim, cidade onde ocorreu o crime.

Em depoimento na Delegacia Sede da cidade, Júnior afirmou que consumia crack com Bruna no dia do crime. Quando a droga acabou, um conhecido levou mais entorpecentes até a residência do casal, passando a consumir com eles. A droga acabou novamente e, desta vez, Júnior é quem saiu para comprar mais.

Na volta, porém, ele encontrou Bruna o traindo com o homem, que fugiu logo após o flagrante. Ainda em depoimento, ele confessou ter dado um 'mata-leão' na vítima, golpeando-a com uma faca, no peito, em seguida. Ele fugiu do local deixando a faca cravada no corpo da vítima.

Após a confissão do crime, Júnior permaneceu preso na unidade, onde foi registrado boletim de ocorrência de captura de procurado, sendo depois transferido ao CDP da cidade, onde deverá ficar recolhido e à disposição da Justiça. Com informações, G1.

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana