Menu
Busca Sáb, 31 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
BRASIL E MUNDO

Indonésia encontra segunda caixa-preta de avião da Lion Air

14 janeiro 2019 - 11h25

Autoridades da Indonésia irão recuperar nesta segunda-feira o conteúdo de um gravador de voz da cabine de comando de um avião da Lion Air que caiu há mais de dois meses, matando todas as 189 pessoas a bordo, depois que o dispositivo foi recuperado do fundo do mar perto de Jacarta.

A queda foi a primeira da história envolvendo um avião 737 MAX da Boeing e a mais letal de 2018, e a recuperação da segunda caixa-preta da aeronave nesta segunda-feira pode fornecer mais detalhes sobre as últimas ações dos pilotos.

"Nós temos nosso próprio laboratório e pessoal para fazê-lo", disse à Reuters Haryo Satmiko, vice-chefe do comitê de segurança de transportes.

Satmiko disse que, no passado, o processo de recuperar, analisar e transcrever os conteúdos dos gravadores já durou até três meses.

O contato com o voo JT610 foi perdido 13 minutos depois que a aeronave decolou da capital Jacarta, no dia 29 de outubro, a caminho da cidade de Pangkal Pinang.

Um relatório preliminar do comitê de segurança de transportes da Indonésia focou em questões como a manutenção e treinamento da companhia aérea, assim como a resposta de um sistema antiparalisação da Boeing e a recente substituição de um sensor da aeronave, mas não determinou a causa da queda.

Um grupo de familiares de vítimas do incidente pediu que o  comitê de segurança de transportes revele "tudo que foi gravado" e que trabalhe de maneira independente.

O oficial da Marinha tenente-coronel Agung Nugroho disse à Reuters que um fraco sinal do gravador foi identificado diversos dias atrás e que o dispositivo foi encontrado enterrado no solo marinho a cerca de 30 metros de profundidade.

"Nós não sabemos qual dano existe, mas há óbvios arranhões nele", disse Nugroho.

Imagens fornecidas por uma autoridade da agência de transportes mostrou a tinta laranja do gravador lascada, mas nenhum grande dano aparente.

A Boeing não respondeu de imediato a pedido por comentário.

Desde o incidente, a companhia aérea Lion Air tem enfrentado inspeção de seus padrões de manutenção e treinamento e parentes de vítimas apresentaram ao menos três processos contra a Boeing. Com informações Terra.

 

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana