Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Saúde

J&J inicia estudo final de vacina contra Covid-19 em 60 mil voluntários

Vacina contra Covid 19

23 setembro 2020 - 14h38Por Reuters

CHICAGO (Reuters) - A Johnson & Johnson iniciou nesta quarta-feira um teste final de 60 mil voluntários de sua vacina contra Covid-19 de uma dose que poderia simplificar a distribuição de milhões de doses quando comparada com rivais que usam duas doses.

A empresa aguarda os resultados do teste de estágio avançado até o final deste ano ou o início do próximo, disse o doutor Paul Stoffels, o diretor científico da J&J, em uma coletiva de imprensa conjunta com autoridades do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos e do governo Trump.

Vacinas concorrentes da Moderna, da Pfizer e da AstraZeneca exigem duas doses com um intervalo de várias semanas, o que as torna mais difíceis de administrar.

“Os benefícios de uma vacina de dose única são potencialmente profundos em termos de campanhas de imunização de massa e de controle pandêmico global”, disse o doutor Dan Barouch, pesquisador de vacinas de Harvard que ajudou a desenvolver a vacina contra Covid-19 da J&J, em uma entrevista por telefone.

“Grande notícia. Várias empresas grandes estão vendo resultados fantásticos. A FDA (Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA) precisa agir rapidamente”, escreveu no Twitter o presidente norte-americano, Donald Trump.

Ainda nesta quarta-feira, a J&J publicou um protocolo de estudo detalhado de seu teste de estágio avançado em seu site, seguindo o exemplo dos três outros fabricantes de vacina que divulgaram estes planos de estudo nas últimas semanas em reação a clamores por mais transparência nos testes.

 

Stoffels disse que a J&J começou o teste de estágio avançado depois de ver resultados positivos em seus testes de estágios inicial e intermediário nos EUA e na Bélgica. A empresa disse que a divulgação destes resultados é iminente.

Ele também disse que a segurança e o nível de proteção do estudo se alinham ao que foi visto nos testes da farmacêutica com animais e que os resultados mostraram que uma única dose pode oferecer proteção suficiente “por um longo tempo”.

O teste de estágio avançado da J&J usará até 215 locais nos EUA, África do Sul, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. A empresa planeja fabricar até um bilhão de doses em 2021 e mais depois disso, disse Stoffels.

Reportagem adicional de Manas Mishra em Bengaluru

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito