Menu
Busca Sáb, 31 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

J&J inicia estudo final de vacina contra Covid-19 em 60 mil voluntários

Vacina contra Covid 19

23 setembro 2020 - 14h38Por Reuters

CHICAGO (Reuters) - A Johnson & Johnson iniciou nesta quarta-feira um teste final de 60 mil voluntários de sua vacina contra Covid-19 de uma dose que poderia simplificar a distribuição de milhões de doses quando comparada com rivais que usam duas doses.

A empresa aguarda os resultados do teste de estágio avançado até o final deste ano ou o início do próximo, disse o doutor Paul Stoffels, o diretor científico da J&J, em uma coletiva de imprensa conjunta com autoridades do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos e do governo Trump.

Vacinas concorrentes da Moderna, da Pfizer e da AstraZeneca exigem duas doses com um intervalo de várias semanas, o que as torna mais difíceis de administrar.

“Os benefícios de uma vacina de dose única são potencialmente profundos em termos de campanhas de imunização de massa e de controle pandêmico global”, disse o doutor Dan Barouch, pesquisador de vacinas de Harvard que ajudou a desenvolver a vacina contra Covid-19 da J&J, em uma entrevista por telefone.

“Grande notícia. Várias empresas grandes estão vendo resultados fantásticos. A FDA (Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA) precisa agir rapidamente”, escreveu no Twitter o presidente norte-americano, Donald Trump.

Ainda nesta quarta-feira, a J&J publicou um protocolo de estudo detalhado de seu teste de estágio avançado em seu site, seguindo o exemplo dos três outros fabricantes de vacina que divulgaram estes planos de estudo nas últimas semanas em reação a clamores por mais transparência nos testes.

 

Stoffels disse que a J&J começou o teste de estágio avançado depois de ver resultados positivos em seus testes de estágios inicial e intermediário nos EUA e na Bélgica. A empresa disse que a divulgação destes resultados é iminente.

Ele também disse que a segurança e o nível de proteção do estudo se alinham ao que foi visto nos testes da farmacêutica com animais e que os resultados mostraram que uma única dose pode oferecer proteção suficiente “por um longo tempo”.

O teste de estágio avançado da J&J usará até 215 locais nos EUA, África do Sul, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. A empresa planeja fabricar até um bilhão de doses em 2021 e mais depois disso, disse Stoffels.

Reportagem adicional de Manas Mishra em Bengaluru

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Turquia busca sobreviventes após terremoto deixar 25 mortos no país
Brasil
Caixa libera hoje saque do FGTS para nascidos em setembro e outubro
Brasil
Feriado do dia 2 aumenta em 40% movimentação nos aeroportos
Geral
INSS inicia pagamento de diferenças do auxílio Segundo o órgão, 497 mil segurados estão aptos a receber os valores
Saúde
Brasil registra 508 novas mortes por Covid-19 e total de óbitos vai a 159.477
Brasil
Contas públicas têm déficit de R$ 64,5 bilhões em setembro, diz BC
Judiciário
Justiça do RJ condena desembargadora a pagar indenização por calúnia contra Marielle
Brasil e Mundo
Congresso da Bolívia aprova recomendação de processo contra presidente Jeanine Ánez
Brasil
Mourão aposta que governo comprará vacina chinesa: “Lógico que vai”
Internacional
Milhares de muçulmanos protestam contra comentários de Macron