Menu
Busca Seg, 20 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Condenada

Jovem dá golpe de R$ 87 mil nos amigos após fingir que tem câncer

12 abril 2018 - 08h53Por Redação Notícias VIP
Uma mulher de 24 anos foi presa depois de fingir que estava com câncer em estado terminal e conseguir R$ 87 mil de parentes e amigos para ?fazer um tratamento fora do país?. Hanna Dickenson foi condenada a três meses na prisão, além de um ano de serviços comunitários.

Hanna começou a mentira em 2013, quando disse aos pais que havia sido diagnosticada com Leiomiossarcoma, um raro tumor cancerígeno. Sem condições financeiras para bancar os cuidados com a filha, eles começaram a pedir dinheiro para parentes e amigos. Com isso, eles conseguiram arrecadar 41.770 dólares australianos (pouco mais de R$ 87 mil em valores do período).

Porém, as redes sociais fizeram com a moça fosse desmascarada. Apesar de ?doente?, Hanna não se furtou em documentar sua vida de festas e bebidas, muitos menos suas viagens para Europa e Tailândia. Um dos casais que ajudaram a mulher percebeu que havia caído em um golpe e decidiu avisar à polícia.

?Comecei a fazer meu dever de casa. Gastei muito tempo documentando tudo para mostrar que era golpe e fui às autoridades?, disse Nathan Cue à imprensa australiana. O julgamento só teve fim este ano. A advogada de defesa, Bev Lindsay, argumentou que foram os pais de Hanna quem pediram o dinheiro, não ela. Além disso, afirmou que ela, atualmente, é corretora imobiliária e uma condenação seria ruim para os negócios.

Contudo, para o juiz  juiz David Starvaggi, da Corte de Melbourne, a ré ?feriu um dos sentimentos mais profundos da natureza humana?. Hanna acabou confessando o crime frente à Justiça australiana na última terça-feira (10), sendo considerada culpada em sete acusações de fraude.  ?A confiança social da população e o desejo de ajudar das pessoas foram violados. Estes são cidadãos que trabalharam duro para conseguir o que têm?, garantiu Starvaggi.
LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Deixe seu Comentário

Leia Também

Interior
Corrupção permitiu fuga de integrantes de PCC
Campo Grande
Trad quer aumentar para R$4,10 tarifa de ônibus
Educação
Estudantes podem se increver no Sisu a partir desta terça-feira
Campo Grande
Trad se omite em fazer manutenção nas praças publicas
Campo Grande
Sujeira tradicional em Campo Grande
Evangélicos Bolsonaro
Pastor evangélico é um dos agressores de manifestantes que protestavam contra Damares em São Carlos (SP)
São Gabriel do Oeste
Marido mata adolescente mãe de bebê
Dourados
Peladão correndo pela Presidente Vargas
Fronteira
A fuga se deu na madrugada de domingo através de buraco feito pelos membros do PCC
Brasil
A lei de Abuso de Autoridade trouxe mudanças importantes às quais todos deverão se adaptar