Menu
Busca Dom, 05 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
PT

Lula ficará junto com a militância em São Bernardo do Campo, diz Gleisi Hoffmann

06 abril 2018 - 17h25Por Redação Notícias VIP
A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse a pouco que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "permanecerá junto com a militância" na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP) e que "exerceu a opção" de não se apresentar à Polícia Federal em Curitiba.

"Eu queria deixar claro que não há por parte do presidente Lula nenhum descumprimento da sentença do mandado de prisão expedido pelo juiz Sérgio Moro. Ele tinha a opção dada pelo juiz de ir até Curitiba. Não exerceu essa opção", disse Gleisi. Na ordem de prisão, Moro informou que o ex-presidente poderia se apresentar voluntariamente até as 17h de hoje (6) à Polícia Federal em Curitiba.

Segundo ela, Lula continuará no sindicato junto com aliados e os militantes, que estão do lado de fora em apoio. "Ele está aqui no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, em um lugar público. Muitas pessoas sabem onde ele está. Aliás, o mundo sabe onde ele está. Vocês estão acompanhando. Aqui ele permanecerá junto com a militância", acrescentou.

CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Equador perdeu para o Coronavirus, colapsou saúde e funerária no país.
Polícia
DOF: Três traficantes presos com muita droga, neste sábado.
Saúde
Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
Saúde
SP: cai medida que permitia funcionamento de escritórios de advocacia e de contabilidade
Ação permitia funcionamento presencial para advogados e contadores
Brasília e Mundo
Covid-19: Reino Unido se prepara para longo isolamento
Política
Em tempo de Coronavirus os políticos se estranham no governo Bolsonaro
Campo Grande
Trad faliu comerciantes da capital
Campo Grande
Prefeito da Capital faz suposta pré-campanha eleitoral e comete improbidade administrativa ao distribuir cestas basicas.
Brasil e Mundo
Covid-19: Tóquio registra mais de 100 casos em um único dia
São Paulo
Óbitos em São Paulo pelo novo coronavírus triplicaram em uma semana