Menu
Busca Sb, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Internacional

Mais de 11 mil pássaros são encontrados mortos nos EUA após tempestade de granizo

Autoridades ambientais do estado norte-americano de Montana afirmam que encontraram milhares de aves com asas e crânios quebrados

17 agosto 2019 - 16h50

Uma tempestade de verão foi responsável por uma cena que chocou moradores e autoridades de Montana, nos Estados Unidos: na região norte do estado, foram encontrados milhares de pássaros mortos que apresentavam lesões decorrentes da queda de granizo. De acordo com o órgão responsável por cuidar da vida selvagem da região, mais de 11 mil aves como patos, pelicanos, gansos, gaivotas e corvos-marinhos foram mortos durante uma chuva torrencial que ocorreu no último domingo, 11 de agosto (no Hemisfério Norte, a estação climática atual é o verão).

Ao longo da semana, os biólogos constataram a extensão dos danos ao coletar uma grande quantidade de animais mortos. Eles afirmaram que encontraram as aves com crânios e asas quebradas, além de lesões internas e diferente escoriações pelo corpo. Ao menos 40% dos pelicanos apresentaram danos que podem impedir os seus movimentos. De acordo com os especialistas, um número grande de aves foi atraída pela região de preservação ambiental conhecida como Big Lake Wildlife Management por conta de uma temporada abundante de chuvas.

Apesar de não ser inédito o fato de que tempestades de granizo possam matar pássaros, os responsáveis por participar da coleta dos corpos afirmam que não se recordam de um evento com consequências tão drásticas: ao longo da última semana, a região foi afetada com tempestades que chegaram a provocar ventos de 112 km/h. 

Com um grande número de carcaças em decomposição, as autoridades locais estão preocupadas que isso poderá espalhar doenças e afetar ainda mais a população de aves que transitam pela região. Veja um vídeo que mostra o local onde ocorreu a tempestade:

Em comunicado, o biólogo Justin Paugh, que trabalha em um órgão público de conservação ambiental do estado de Montana, afirmou que "a vida vai continuar" apesar da grande mortandade de animais. "O lago ainda está repleto de aves aquáticas que estão vivas e saudáveis", afirmou em nota. Nos próximos meses, as autoridades locais realizarão um trabalho de monitoramento para verificar a saúde das aves e o seu desenvolvimento. 

Milhares de aves foram encontradas mortas nos EUA (Foto: Divulgação/ Montana FWP)
MILHARES DE AVES FORAM ENCONTRADAS MORTAS NOS EUA (FOTO: DIVULGAÇÃO/ MONTANA FWP)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reuters se junta ao Facebook no combate à desinformação na rede social
Geral
Quase mil passageiros desembarcam do navio afetado pelo coronavírus
Carnaval
Escolas de samba movimentam economia durante todo ano no Rio
Geral
Julgamento de Assange começa na segunda-feira
Politica ou Politicagem ?
Solidariedade expulsa vereador que liderou motim da PM no Ceará
Ceará
Carnaval é cancelado no Ceará
Política
Guru do presidente está internado nos Estados Unidos
Fronteira
Operação Alba: 10 pessoas foram presas nesta madrugada em PJC
Polícia
ABRAJI informa que pistolagem usou a mesma arma para jornalista e outras pessoas
Ceará
Reforço de segurança nacional e exército chega ao Ceará