Menu
Busca Ter, 17 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Internacional

Mais de 11 mil pássaros são encontrados mortos nos EUA após tempestade de granizo

Autoridades ambientais do estado norte-americano de Montana afirmam que encontraram milhares de aves com asas e crânios quebrados

17 agosto 2019 - 16h50

Uma tempestade de verão foi responsável por uma cena que chocou moradores e autoridades de Montana, nos Estados Unidos: na região norte do estado, foram encontrados milhares de pássaros mortos que apresentavam lesões decorrentes da queda de granizo. De acordo com o órgão responsável por cuidar da vida selvagem da região, mais de 11 mil aves como patos, pelicanos, gansos, gaivotas e corvos-marinhos foram mortos durante uma chuva torrencial que ocorreu no último domingo, 11 de agosto (no Hemisfério Norte, a estação climática atual é o verão).

Ao longo da semana, os biólogos constataram a extensão dos danos ao coletar uma grande quantidade de animais mortos. Eles afirmaram que encontraram as aves com crânios e asas quebradas, além de lesões internas e diferente escoriações pelo corpo. Ao menos 40% dos pelicanos apresentaram danos que podem impedir os seus movimentos. De acordo com os especialistas, um número grande de aves foi atraída pela região de preservação ambiental conhecida como Big Lake Wildlife Management por conta de uma temporada abundante de chuvas.

Apesar de não ser inédito o fato de que tempestades de granizo possam matar pássaros, os responsáveis por participar da coleta dos corpos afirmam que não se recordam de um evento com consequências tão drásticas: ao longo da última semana, a região foi afetada com tempestades que chegaram a provocar ventos de 112 km/h. 

Com um grande número de carcaças em decomposição, as autoridades locais estão preocupadas que isso poderá espalhar doenças e afetar ainda mais a população de aves que transitam pela região. Veja um vídeo que mostra o local onde ocorreu a tempestade:

Em comunicado, o biólogo Justin Paugh, que trabalha em um órgão público de conservação ambiental do estado de Montana, afirmou que "a vida vai continuar" apesar da grande mortandade de animais. "O lago ainda está repleto de aves aquáticas que estão vivas e saudáveis", afirmou em nota. Nos próximos meses, as autoridades locais realizarão um trabalho de monitoramento para verificar a saúde das aves e o seu desenvolvimento. 

Milhares de aves foram encontradas mortas nos EUA (Foto: Divulgação/ Montana FWP)
MILHARES DE AVES FORAM ENCONTRADAS MORTAS NOS EUA (FOTO: DIVULGAÇÃO/ MONTANA FWP)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fenômeno raro
Lua vista de MS fica vermelha por conta de incêndios e poeira, diz especialista em meteorologia
Pediu a mão
Luan Santana faz surpresa e pede namorada em casamento durante voo de balão
Polêmica carioca
Alerj aprova lei que exige prova no Detran para usuários de patinetes elétricos
Pensando no próximo
Dono de ferro velho recupera cadeiras de rodas enferrujadas e doa para deficientes carentes
Cemitério de fetos foi descoberto
Mais de 2 mil fetos humanos são encontrados em casa de médico que fazia abortos nos EUA
Operação
Operação prende vereadores e secretários em Araguapaz
Capital
Rapaz que agrediu outro em Campo Grande por ter urinado no carro dele vai a júri popular nesta terça-feira
Campo Grande
Vereadores proíbem fotos e vídeos nas unidades de saúde em CG
Polêmica
"Temer cometeu novo ato de sincericídio no Roda Viva", diz Dilma Rousseff
Covardia
Idosa é esquecida e fica trancada em posto de saúde em Minas Gerais