Menu
Busca Seg, 28 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Justiça

Mesmo durante a ditadura podíamos receber visita de amigos, diz Dilma

23 abril 2018 - 21h24Por Redação Notícias VIP
A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) comparou a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o período da ditadura militar. ?Eu vim visitar o presidente Lula e infelizmente não houve autorização. Isso pra mim é muito estranho. Eu tenho certa experiência, já que fiquei três anos presa, e, mesmo durante a ditadura, havia a possibilidade de você receber parentes e amigos?, disse a petista em frente da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba.

A petista chegou a entrar no prédio da PF, onde ficou alguns minutos. Assim como tem ocorrido com outros petistas e lideranças que tentam visitar Lula, ela voltou até o portão principal da Superintendência, tirou fotos e dirigiu-se até o acampamento dos militantes pró-Lula.

Para Dilma, ?a Justiça brasileira quer evitar que o presidente Lula converse com o povo?. Dilma repetiu o discurso petista de que o ex-presidente ?é um preso político?. ?O objetivo é político, de fechar o golpe com chave de ouro. Por isso foi feito um julgamento que condenou um inocente?, afirmou.

Falando aos militantes pró-Lula que estão acampados perto do prédio da Polícia Federal, a petista pediu que se mantenha a ?resistência? para que Lula seja candidato à Presidência nas próximas eleições. ?Em outubro e novembro temos como interromper e barrar o golpe. Lula tem autoridade e legitimidade para isso. Ele tem o amor do povo brasileiro?, disse.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Futebol
Após imbróglio judicial, Palmeiras e Flamengo empatam em 1 a 1
Política
Políticos e suas atitudes
Brasíl
Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes
Brasíl
Pandemia leva a queda de 66% no faturamento do turismo no Amazonas
Brasíl e Mundo
Reino Unido quer que estudantes possam voltar para casa no Natal apesar da Covid-19
Lotérica
Mega-Sena, concurso 2.303: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões
Crise na Educação
Discriminação?
São Paulo
Covid-19: SP fará testes em professores e alunos da rede municipal Ao todo serão testadas 777 mil pessoas, diz prefeito
Corrupção
MPF denuncia cinco investigados na Operação Esquema S
Eleições 2020
TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news