Menu
Busca Seg, 09 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Religioso

Morre Rabino Henry Sobel

22 novembro 2019 - 16h53

O rabino Henry Sobel, 75, morreu na manhã de hoje (22), em Miami, nos Estados Unidos, por complicações associadas a um câncer. Nascido em 9 de janeiro de 1944, em Lisboa, Portugal, ele chegou ao Brasil na década de 70.

Sobel foi presidente da Congregação Israelita Paulista até outubro de 2007 e é conhecido, principalmente, por sua luta em defesa dos direitos humanos durante a ditadura militar.

A morte de Henry Sobel foi lamentada pela Confederação Israelita do Brasil (Conib) e pela Congregação Israelita Paulista (CIP). 

Por meio de nota, as entidades classificaram o rabino Henry Sobel como “um protagonista histórico na defesa dos direitos humanos no Brasil, com destaque para sua atuação na luta pelo esclarecimento da morte do jornalista Vladimir Herzog, em 1975, em São Paulo, durante a ditadura militar. 

Sobel recusou-se a enterrar Herzog na ala dos suicidas do cemitério israelita, por rejeitar a versão oficial acerca das circunstâncias da morte. O rabino também participou, ao lado de líderes como Dom Paulo Evaristo Arns e Jaime Wright, do ato ecumênico em homenagem a Herzog, naquele mesmo ano”.

Para o o rabino Michel Schlesinger, da CIP e representante da Conib para o diálogo inter-religioso, Henry Sobel foi o maior representante que a comunidade judaica brasileira. “De seu modo contundente e carismático, comunicou os valores judaicos humanistas para o nosso país. Quando denunciou o assassinato do jornalista Vladimir Herzog, contribuiu de maneira definitiva para a redemocratização do Brasil”, disse.

O presidente da 

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
PM agredindo uma menina viralizou nas redes sociais
UFC
Jairzinho desfigurou seu oponente na principal luta de sábado
Milicianos
O poder Público ausente, com isso surgem os milicianos
Polícia
Caminhoneiro fica refém de ladrões do veículo
Campo Grande
Psicólogos fazem manifestação contra Trad
Causas sociais
Faleceu padre defensor dos indígenas paraguaios
Dourados
Sindicato fará ato contra atraso e parcelamento de salário de professores.
Campo Grande
Na época das eleições ele vai aparecer, aí ele terá o que merece.
Campo Grande
fogo no restaurante da rua sete
Política
Fake foi estratégia da eleição de Bolsonaro e seus seguidores do PSL.