Menu
Busca Qui, 21 de novembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Tragédia

Mortos por tufão no Japão chegam a 69. Dez seguem desaparecidos

Socorristas continuam correndo contra o tempo para tentar localizar pessoas sob escombros. Escolas cancelaram aulas nesta terça-feira

15 outubro 2019 - 18h18Por PORTAL R7

O número de mortos pela passagem do tufão Hagibis, no Japão, foi revisado para 69 nesta terça-feira (15), segundo a agência de notícias japonesa Kyodo News.

Os socorristas japoneses continuam correndo contra o tempo para tentar localizar 10 desaparecidos.

Segundo a Kyodo News, o Ministério da Infraestrutura ainda encontra dificuldades para mensurar a dimensão do desastre, mas confirmou que o colapso de barragens afeta 47 rios em 66 localidades no país.

O tufão — que, de acordo com a mídia local, foi o mais poderoso a atingir o Japão nos últimos 50 anos — causou deslizamentos de terra e cortes de eletricidade e água em várias partes do arquipélago.

Até o momento, 146 deslizamentos de terra foram reportados em 47 prefeituras, onde aproximadamente 10.000 casas foram inundadas por água lamacenta, diz um levantamento do governo.

Em Nagano, uma das cidades mais afetadas, a barragem do rio Chikuma se rompeu e centenas de pessoas ficaram ilhadas.

As empresas de eletricidade informam que o número de casas sem energia caiu de uma alta de 520.000 para 30.000. O Ministério da Saúde completa que, até agora, 128.000 residências em 12 prefeituras se encontram sem acesso à água.

Ainda nesta terça-feira, mais de 200 escolas de ensino infantil, fundamental e médio continuavam fechadas em sete prefeituras, incluindo Fukushima e Nagano. Segundo informações, R7.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Terenos
Vereador acusa colegas de receber propina
Campo Grande
Estão fechando delegacia de polícia na capital
Campo Grande
Trad não retira sujeira das ruas da capital
Famosos
Zezé está hospitalizado
Campo Grande
Apesar dos protestos, Trad sufoucou CPI, que nem foi ventilada na Câmara municipal
Energisa
A falta da cara energia de todos os dias
Brasil
Caminhoneiros podem fazer greve
Porto Murtinho
Barragem está desmoronando desde 28 de outubro e não fazem nada
Bolívia
Traidor, general que deu voz de prisão a Evo vai para USA
Judiciário
Quando o judiciário é usado por supostos bandidos