Menu
Busca Seg, 27 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde

Notificações de casos de febre amarela sobem 62% após o carnaval

26 março 2018 - 14h23Por Redação Notícias VIP
As notificações de casos de febre amarela aumentaram 62% nos dias seguintes ao carnaval, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Esses avisos acontecem quando médicos alertam órgãos de saúde que atenderam alguém com suspeita da doença. As notificações não devem ser confundidas com casos confirmados ou mortes causadas pela doença. Desde julho do ano passado, o Brasil teve 1.098 casos de febre amarela e 340 mortes.

A maior circulação de turistas em áreas de risco durante o carnaval é uma das hipóteses dos especialistas para explicar o aumento das suspeitas de pessoas infectadas. A alta no pós-carnaval é maior que a de outros períodos recentes, e somente inferior ao período do fim de férias de janeiro, que registrou aumento de 79% das notificações.

As taxas percentuais foram extraídas da análise dos dados divulgados semanalmente pelo Ministério da Saúde. A pasta divide esses dados em semanas epidemiológicas (SE) - períodos de 7 dias que não necessariamente seguem a sequência do calendário (com isso, a SE1 não é a primeira semana do ano).

A partir da análise da série, verifica-se que os dados divulgados na semana epidemiológica 8 (entre os dias 18 e 24 de fevereiro) apresentam alta significativa. Houve 1.094 casos a mais no período quando comparado à semana 7 (entre 11 e 17/2). Em termos absolutos, a alta é superior aos 479 novos casos verificados entre as semanas 3 e 4. Ali, entre 14 e 20 de janeiro e 21 e 27 , o aumento percentual foi de 79%.
LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tributos
Dificuldade para aprovar reforma tributária
Economia
Redução do preço da energia solar tem sido vertiginosa, diz EPE
Brasil
Deportado do Paraguai, o líder de contrabando de cigarros
Economia
Pequenos negócios tem até o dia 31 para aderir ao Simples Nacional
Campo Grande
"Trad é uma decepção, como prefeito", disse moradora da capital
Esporte
Arbitras de futebol foram agredidas por jogadores
UFC
Curtis Blaydes aproveita falha e vence Junior Cigano por nocaute no segundo round no UFC Raleigh
Polícia
Deputado paraguaio acusa os irmãos Azevedo
Fronteira sem lei
Deputado por pouco se salvou, mas a casa e o carro ficaram crivados de bala
Internacional
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança