Menu
Busca Qua, 16 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Saúde

Notificações de casos de febre amarela sobem 62% após o carnaval

26 março 2018 - 14h23Por Redação Notícias VIP
As notificações de casos de febre amarela aumentaram 62% nos dias seguintes ao carnaval, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Esses avisos acontecem quando médicos alertam órgãos de saúde que atenderam alguém com suspeita da doença. As notificações não devem ser confundidas com casos confirmados ou mortes causadas pela doença. Desde julho do ano passado, o Brasil teve 1.098 casos de febre amarela e 340 mortes.

A maior circulação de turistas em áreas de risco durante o carnaval é uma das hipóteses dos especialistas para explicar o aumento das suspeitas de pessoas infectadas. A alta no pós-carnaval é maior que a de outros períodos recentes, e somente inferior ao período do fim de férias de janeiro, que registrou aumento de 79% das notificações.

As taxas percentuais foram extraídas da análise dos dados divulgados semanalmente pelo Ministério da Saúde. A pasta divide esses dados em semanas epidemiológicas (SE) - períodos de 7 dias que não necessariamente seguem a sequência do calendário (com isso, a SE1 não é a primeira semana do ano).

A partir da análise da série, verifica-se que os dados divulgados na semana epidemiológica 8 (entre os dias 18 e 24 de fevereiro) apresentam alta significativa. Houve 1.094 casos a mais no período quando comparado à semana 7 (entre 11 e 17/2). Em termos absolutos, a alta é superior aos 479 novos casos verificados entre as semanas 3 e 4. Ali, entre 14 e 20 de janeiro e 21 e 27 , o aumento percentual foi de 79%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Vacina contra o câncer de mama e de ovário deve ficar pronta em oito anos
Nordeste e suas praias
Barreiras instaladas para conter óleo são levadas pelo mar em SE
Ceará
Fortalezenses dão lição de solidariedade em resgate de vítimas de prédio que desabou
Internacional
Hong Kong: protestos obrigam presidente a discursar a portas fechadas
Campo Grande
Marcos Trad deixa escola rodeada de lixo
Coreia do Norte
Kim Jong-un passeia a cavalo em local sagrado e gera boatos sobre mudanças políticas
Politicagem
"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL
Brasil e mundo
Vídeo mostra assaltante beijando idosa durante roubo no Piauí: ‘não quero seu dinheiro’
Após vacilo, turma se consolida como implacável e mantém chefes de milícia atrás das grades
STF
Lula, Zé Dirceu, Eduardo Cunha soltos… O que está em jogo no julgamento do STF