Menu
Busca Ter, 13 de abril de 2021
(67) 9.9928-2002
Denúncia

Padres presos por desvio de dízimo dizem que eram coagidos por bispo

22 março 2018 - 15h03Por Redação Notícias VIP

Padres presos por suspeita de desviarem dízimos e doações da Diocese de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, afirmam que eram coagidos a cometer o crime pelo Dom José Ronaldo a cometer os crimes. As alegações foram feitas em depoimento ao Ministério Público.  

Segundo a promotora de Justiça Fernanda Balbinot, uma das responsáveis pelo caso, o bispo liderou uma reunião para alinhar o posicionamento. Os clérigos que não concordassem com os crimes seriam transferidos para outras cidades. 

"No último dia 21 de dezembro, todos os membros do clero e da Diocese de Formosa foram convocados. Nessa reunião, os padres eram pessoalmente chamados para dizer se estavam, não em comunhão com a igreja, mas sim em comunhão com o bispo", disse a promotora. 

Dom José Ronaldo também teria trocado posições estratégicas da igreja. "Estes indivíduos que estão sendo investigados foram colocados nessas posições a mando do bispo e, a partir de então, iniciaram o esquema de apropriação de valores", afirma Fernanda. 

"Inclusive, há a notícia que os padres que se recusaram a dizer que estavam em comunhão com o bispo e suas práticas, foram transferidos para paróquias em locais mais distantes, com parcos recursos financeiros, e em graves dificuldades", explica ela. 

A operação foi deflagrada na última segunda-feira (19). A investigação aponta desvios superiores a R$ 2 milhões. No total, 9 pessoas, incluindo o bispo e outros clérigos, além de duas pessoas apontadas como "laranjas" no esquema, foram presas. 

Procurado, o advogado de Dom José Ronaldo disse à TV Anhanguera, afiliada de Rede Globo em Goiás, que não vai comentar as denúncias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Jovem morre em acidente na Av. Mato Grosso com Rua Bahia, na capital.
Covid 19 em MS
Novas variantes P1 e P2 em circulação no MS tem maiores índices de contaminação
Campo Grande
Eletricista leva carro recheado de drogas para transportadora na capital.
OMS
Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS
Pandemia
Índia passa o Brasil e é 2º país com mais casos de covid-19 no mundo
Brasil e Mundo
Mais de 70% dos japoneses querem Jogos de Tóquio cancelados ou adiados
Brasil
Covid-19: país tem 13,4 milhões de casos acumulados e 353,1 mil mortes
Esporte
Flamengo bate Palmeiras nos pênaltis e leva Supercopa do Brasil
Interior
Estado instala dez leitos de UTI’S no Hospital da Vida, em Dourados
Campo Grande
Praças da PM e CBM realizam prova de Processo Seletivo Interno neste domingo