Menu
Busca Qui, 28 de maio de 2020
(67) 9.9928-2002
Paraguai

Paraguai prorroga restrições por causa do Coronavirus

Paraguai completa 30 dias de quarentena, com 5 mortes por coronavírus

08 abril 2020 - 15h15Por Plantão de notícias

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, anunciou nesta quarta-feira (8) a prorrogação da quarentena no país por mais uma semana, até o dia 19 de abril, a principio a medida venceria no dia 12.

Após as confirmaçãos dos primeiros casos, o Paraguai iniciou a quarentena no dia 10 de março, quando foi proibido o trânsito de pessoas das 20h às 4h. O Ministério da Saúde informou que há circulação comunitária do vírus no país.

No dia 18 de março, o governo paraguaio usou o Exército e fechou a fronteira com o Brasil em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha a Ponta Porã (MS). No mesmo dia, o governo também fechou a Ponte Internacional da Amizade, na fronteira com o Brasil, que liga Cidade del Leste a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Os dois principais acessos ao Brasil continuam fechados.

Na quinta-feira (8) o Paraguai aumentou as restrições, e instaurou o toque de recolher a partir das 15 horas. De acordo com o último boletim, o país registrou 119 casos do novo coronavírus e 5 mortes. A prorrogação da quarentena foi anunciada na conta do Twitter do presidente.

Fonte: G1

CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Fachin pede inclusão na pauta do plenário do STF ação que pode suspender inquérito das fake news
Brasíl
Para Aras, o inquérito das fake news tem “exorbitado dos limites”
Brasíl
Rejeição a Bolsonaro bate recorde e chega a 43%, diz Datafolha
Fake news
Roberto Jeferson mandou aviso ao Ministro do STF, Alexandre de Moraes: "comigo o buraco é mais embaixo"
Judiciário
STJ nega federalizar investigações da morte de Marielle Franco
Fake-News
Aras diz que não cabe a partidos pedir apreensão de celular de Bolsonaro
Eleições 2020
Prefeitos de municipios querem ampliar o mandato, segundo Assomassul
Saúde Pública
África sofre transmissão comunitária prolongada do coronavírus, diz entidade
Politicos
Em reação ao STF coordenada por Bolsonaro, ministro da Justiça pede habeas corpus a Weintraub
Polícia
PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba