Menu
Busca Qui, 23 de maio de 2019
(67) 9.9928-2002
INTERNACIONAL

Patrões amarram empregada doméstica em árvore como punição

Mulher tinha deixado móveis no sol e chefes queriam que ela sentisse os danos causados pelo sol. Autoridades a enviaram de volta para país de origem

15 maio 2019 - 09h45

Uma empregada chinesa foi amarrada em uma árvore pelos patrões, na cidade de Riyadh, Árabia Saudita, depois de ter deixado alguns móveis caros no sol. A mulher, identificada como Lovely Acosta Baruelo, de 26 anos, trabalhava para uma família rica do país a alguns meses.

A foto de Lovely amarrada foi tirada por uma colega de trabalho, também chinesa. Segundo relatos, os patrões a deixaram no sol para que ela sentisse na pele os riscos de deixar os móveis expostos a radiação.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, o Departamento de Relações Exteriores ajudou a mulher a voltar para a China, onde desembarcou na última quinta-feira (9), mesmo dia em que as autoridades souberam do caso.

“A Embaixada da China em Riyadh reportou que o caso de Lovely Baruelo foi denunciado no dia 9 de maio, e ela foi repatriada no mesmo dia. Baruelo foi punida pelo empregador, que a amarrou em uma árvore”, disse uma nota das autoridades.

Uma colega de trabalho de Lovely disse que os patrões os machucam sempre que eles cometem algum erro.

Depois de voltar para casa, a mulher postou um desabafo. “Obrigada a todos os que me ajudaram. Eu gostaria de pedir ajuda também aos outros filipinos no país. Eles são as pessoas que me ajudaram e postaram as fotos, e eu temo pela segurança deles. Espero que sejam resgatados também”, escreveu.

“E o velho vai encontrar seu karma, é só esperar. Continue descontando os nossos salários. Esse é o motivo da sua falta de saúde. Isso é o seu carma por todas as coisas erradas que você fez”, concluiu. Com informações, R7.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aéreas criticam volta de bagagem gratuita; Idec diz que decisão do Congresso é positiva para o consumidor
Proposta que prevê gratuidade para bagagem de até 23 kg em voos domésticos ainda depende de sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro.
INTERIOR
Nova Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados deve entrar em pré-operação em junho
AMIZADE FORTE
Para celebrar 30 anos de amizade, idosas fazem tatuagem de ‘copo de cerveja’
FAMOSOS!
Padre Fábio de Melo sofre mal súbito, é levado às pressas para hospital e momento é exposto em vídeo
EXPLORAÇÃO INFANTIL
Crianças em desfile para serem adotadas: o que pode acontecer com elas?
PM tentou atrapalhar investigações sobre o assassinato de Marielle, aponta relatório da PF
INTERIOR
Caçamba que saiu de São Paulo e seguia para Vicentina pega fogo na MS-395 e chamas se espalham pela vegetação
INTERIOR
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil em Itaquiraí
SAÚDE
Em apenas cinco meses de 2019, dengue já matou em MS quatro vezes mais do que em todo 2018
CAPITAL
Polícia faz nova busca em local onde motorista de aplicativo foi morto: 'Foi um crime passional, agressivo e cruel'