Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Será?

Policiais argentinos culpam ratos pelo desaparecimento de 500 kg de maconha

11 abril 2018 - 22h07Por Redação Notícias VIP
Três oficiais da polícia de Buenos Aires, na Argentina, estão sob investigação após o desaparecimento de 540 quilos de maconha de um depósito policial. Os agentes alegaram que a droga sumida foi ?comida por ratos?.

Um protocolo do órgão de segurança afirma que cada encarregado do depósito deve fazer um inventário de todos os bens guardados e entregá-lo ao funcionário que o sucede na tarefa. Foi assim que o oficial Emilio Portero detectou a falta de meia tonelada de maconha no depósito. Ele avisou a divisão de assuntos internos da polícia, que abriu uma investigação.

Descobriu-se que três oficiais anteriores que prestaram serviço antes de Emilio não haviam feito esse procedimento. convocados a prestar esclarecimentos, deram o mesmo testemunho: a droga havia sido comida por uma infestação de ratos.

Segundo o jornal El Patagónico, uma perícia foi instaurada pelo Ministério da Segurança e concluiu que, pelo fato da droga estar muita seca, pelo tempo de armazenamento, os ratos que se alimentaram dela deveriam estar mortos. Contudo, nenhum cadáver de animal foi encontrado no depósito.

Os oficiais estão sob investigação para se descobrir o que foi feito da droga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa