Menu
Busca Sex, 30 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
BRUMADINHO

Porta-voz dos Bombeiros desmente comandante e elogia israelenses

Tenente Pedro Aihara afirmou que, diferentemente do que o chefe dos resgates falou, ajuda de Israel é benéfica para as buscas

29 janeiro 2019 - 11h40

O porta-voz dos Bombeiros em Brumadinho, tenente Pedro Aihara, desmentiu declarações dadas pelo comandante das operações de resgate, o tenente-coronel Eduardo Ângelo, questionando a eficiência do exército de Israel nas buscas por pessoas e corpos em Brumadinho (MG).

Ângelo disse, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que os equipamentos trazidos pelos israelenses para Brumadinho (MG) “não são efetivos para esse tipo de desastre”.

“O ministro de Israel se pronunciou a respeito das dificuldades que eles tiveram. O imagiador que eles têm pegam corpos quentes, e todos os corpos [na região] são frios. Então esse já é um equipamento ineficiente”, disse o comandante.

Aihara informou que fez contato com Ângelo e trouxe uma nova versão do auxílio de Israel. “A informação de que esses equipamentos não seriam efetivos é extremamente equivocada. Estive com o coronel Ângelo, que é responsável pelas operações. Ele informou que cooperação tem sido extremamente efetiva. Então, a gente já está trabalhando com ele no local. O local selecionado para que eles trabalhassem em conjunto com os bombeiros é o local que tem mais potencialidade para que esses equipamentos sejam utilizados. Isso porque é nessa área que estima-se as pessoas sob maior profundidade. Portanto, será benéfico para nossas atuações”, disse Pedro Aihara ao jornal O Estado de Minas.

 

Israel 

Em entrevista exclusiva ao Metrópoles, a porta-voz de Israel para a América Latina, Paula Frenkel, afirmou que a técnica destacada por Eduardo Ângelo era apenas uma das utilizadas pelo exército na missão.

“As tropas do exército [israelense] estão empregando várias técnicas de resgate ao mesmo tempo que utilizam todas as capacidades e tecnologias de resgate do Comando de Frente. Entre elas estão dispositivos de localização celular, construção de estruturas destinadas ao trabalho na água e técnicas adicionais de busca”, detalhou a porta-voz.

 

 

 

 

 

fonte:metropoles

CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana