Menu
Busca Sáb, 16 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Fronteira

Prefeito de Pedro Juan Cabalhero desobedece regras da quarentena para visitar a sogra em Ponta Porã.

José Carlos Acevedo deu carteirada em policiais e militares do Paraguai

11 maio 2020 - 19h43Por Augusto Lopes

Paraguai é conhecido por ser um país onde as leis só funcionam para o povão e serve para os ricos imporem seus interesses à massa populacional composta por miseráveis.

O prefeito de Pedro Juan Cabalhero, José Carlos Acevedo, não deu importância alguma a Covid 19, não respeitou as regras de isolamento, não respeitou os militares,  não respeitou o país, não respeitou a população,  impôs seu "poder'  e passou por cima de todos  fazendo  o que quis, sem menor vergonha, sem EPI.

Depois de forte reação na opinião pública, foi obrigado a fazer quarentena em hotel luxo.

A família Acevedo é detentora de poder político na fronteira, com prefeito, governador, integrantes da família, detentores de meios de comunicação, empresas, armamento bélico, segundo advogado de Pedro Juan Cabalhero.

A população convive com o poder paralelo e o clã Acevedo no poderes constituidos no Paraguai.

 

 

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Oportunidade
Edição extra do Diário Oficial traz editais do processo seletivo para contratação de médico plantonista
USA
À medida que a inauguração se aproxima, o escrutínio da aplicação da lei leva extremistas dos EUA para os cantos escuros da internet
Bonitão do PCC
Após pedido do MPF, Bonitão do PCC é removido para Presídio Federal
Campo Grande
Fiat Uno cai no córrego na Ernesto Geisel esquina com Manoel da Costa Lima
Brasíl
Covid-19: Brasil tem 8,39 milhões de casos e 208,1 mil mortes
Oportunidade
Eldorado Brasil abre 800 vagas de emprego em três unidades de MS
Colapso
Manaus vai transferir 235 pacientes com covid-19 para oito estados
Covid 19
São Paulo retorna a fases mais restritivas de plano contra a covid-19
Covid 19 em MS
MS chega à metade de janeiro com 272 mortes por Covid-19
Sangue
Com estoque em 14%, Hemosul convoca doadores de O- e outras tipagens sanguíneas