Menu
Busca Sex, 23 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
CELEBRIDADE

Príncipe Harry e Meghan se casam em cerimônia tradicional e moderna

19 maio 2018 - 12h06Por Valquíria Rodrigues
O príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle casaram-se neste sábado (19) na Capela de São Jorge, no castelo de Windsor.

Com isso, Meghan é a mais nova plebeia a ser tornar membro da realeza britânica, concretizando o enlace que nas últimas semanas tomou conta do noticiário no mundo todo.

Lotada de celebridades, a emocionante cerimônia misturou elementos tradicionais e modernos.

O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, líder espiritual da Igreja Anglicana, tomou os votos matrimoniais dos noivos, que passaram grande parte da cerimônia de mãos dadas. Michael Curry, o bispo presidente da Igreja Episcopal dos EUA, fez um sermão sobre o amor e citou ativista negro Martin Luther King.

A cerimônia teve diversos momentos emocionantes, como o sermão do bispo americano Michael Curry e a versão da música "Stand By Me" cantada por um coro gospel.

Entrada da noiva

Após a polêmica provocada pela ausência de seu pai Thomas Markle, Meghan entrou sozinha na capela, acompanhada por dez crianças que fizeram pares de damas de honra e pajens, entre eles o príncipe George e a princesa Charlotte, filhos do príncipe William e de Kate Middleton.

O pai de Meghan passou por uma cirurgia no coração recentemente. A alegação médica foi dada depois que Thomas ganhou destaque nos jornais ao ser descoberto por aceitar ser fotografado por um paparazzo em troca de dinheiro.

Com a ausência de Thomas, o príncipe Charles ? pai de Harry e William ? levou Meghan até o altar. Ela deu o braço ao sogro, o príncipe Charles, apenas nos metros finais.

Votos

Seguindo a tradição iniciada com a princesa Diana, em 1981, Meghan decidiu não pronunciar a palavra "obedecer" dos tradicionais votos de casamento. Em inglês, os votos tradicionais para a mulher costumam citar "love, cherish and obey" (amar, cuidar e obedecer, em português). Meghan disse apenas "love and cherish" (amar e cuidar). Isso já é comum em casamentos no Reino Unido, mas, em relação à família real, a escolha pode ser considerada moderna.

Feminista, Meghan defende a igualdade de direitos entre homens e mulheres e é representante da ONU Mulheres, braço da Organização das Nações Unidas para a promoção da igualdade de gênero.
Formada em comunicação, ela também manteve por três anos um blog de estilo de vida chamado "The Tig", dedicado a assuntos femininos.

Desfile em carruagem

Depois do casamento na capela, os agora duque e duquesa de Sussex, deixaram a igreja e entraram em uma carruagem aberta para saudar as milhares de pessoas que acompanharam a cerimônia em telões.

Tiara e vestido

Meghan usou um vestido branco criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da marca francesa Givenchy, com um véu, decote canoa e o cabelo com uma tiara, enquanto Harry usava o uniforme de gala militar.

A tiara de diamantes usada por Meghan era da rainha Mary, que foi dada para sua neta, a rainha Elizabeth II. O acessório foi feito em 1932 no Reino Unido, sendo que o broche central é datado de 1893. Os brincos e o bracelete da noiva eram Cartier.

O véu tem cinco metros de comprimento e é feito de tule de seda com flores bordadas à mão em fios de seda e organza.

O buquê de flores foi elaborado pela florista Philippa Craddock e inclui algumas flores do jardim privado do Palácio de Kensington, que agora abrigará Meghan.

A noiva seguiu para a igreja a bordo de um Rolls-Royce Phantom IV, ao lado de sua mãe Doria Ragland.

Convidados

O cantor Elton John, a apresentadora de TV Oprah Winfrey, os atores George Clooney e Idriss Elba, o ex-jogador de futebol David Beckham, estavam na igreja de São Jorge, que abriga o túmulo de reis e recebeu neste sábado o 16º casamento real desde 1863.

Também foram à cerimônia Cressida Bonas e Chelsy Davy, ex-namoradas de Harry.

As primas do príncipe Harry Eugenie e Beatrice, que ousaram com chapéus extravagantes no casamento de William, em 2011, foram mais "contidas" na cerimônia deste sábado.

Festa privada

Após o passeio de carruagem diante do público começa a parte privada do casamento, com um almoço oferecido por Elizabeth II no castelo de Windsor e uma festa à noite na mansão Frogmore, presente do pai do noivo, o príncipe Charles.

Nas ruas de todo país foram organizadas festas e o dia acabará com a aguardada concessão que permite aos pubs funcionar até mais tarde que o habitual.

O grande evento foi cercado por muitas medidas de segurança no país, que sofreu cinco atentados em 2017, com um balanço de 36 mortos e dezenas de feridos.

Duque e duquesa

Neste sábado, a rainha Elizabeth II nomeou Harry duque de Sussex, conde de Dumbarton e barão de Kilkeel, respectivamente, um título nobiliário inglês, escocês e norte-irlandês, como determina a tradição. Meghan passa a ostentar os mesmos títulos após o casamento.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

China
As sombras depois da retumbante recuperação da China
Internacional
França amplia toque de recolher contra covid-19 Dois terços da população foram atingidos pela medida
Brasil
Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR
Política
APÓS 33 DIAS EM CELA COM ESGOTO, CRISTIANE BRASIL DIZ ESTAR POBRE E ANUNCIA QUE LUTARÁ PELO DIREITO DAS PRESAS
Brasil
Imagens mostram Néfi Cordeiro em julgamento realizado na última terça-feira (30) pela da 6ª Turma
Geral
Mega-Sena, concurso 2.311: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 38 milhões
Saúde Pública
'É simples assim: um manda e o outro obedece', diz Pazuello ao lado de Bolsonaro.
Brasil e Mundo
Recusa de Bolsonaro à vacina chinesa repercute no mundo
Política
Kassio Nunes afirma em sabatina que podem ser feitas correções na Lava Jato
Brasil
Operação Índia cumpre mandados no DF e em cinco estados