Menu
Busca Seg, 27 de janeiro de 2020
(67) 9.9928-2002
Pedofilia

Professora admite ter tido filho com estudante de 14 anos

27 março 2018 - 13h57Por Redação Notícias VIP
A professora Laura Lynn Cross, de 37 anos, admitiu em tribunal de Ohio (EUA), na última sexta-feira (243/3) ter tido um filho com um estudante de 14 anos. Ela será sentenciada no próximo mês.
O caso começou quando Laura Lyn fez um convite para que o jovem, que tinha os pais em processo de separação, fosse tomar banho de piscina na casa dela, em Tallmadge.
Em pouco tempo, o adolescente estava dormindo na casa da professora. Laura Lyn, então, convenceu a mãe do jovem a deixá-lo morar com ela como parte do processo de disputa da custódia.
O relacionamento começou em 2013 e durou três anos. Em 2015, a mãe do adolescente fez uma queixa-crime contra Laura Lyn, mas o filho dela se recusava a deixar a residência da professora.
O bebê foi mantido em segredo até que o pai recebeu uma denúncia anônima e procurou a polícia.
A pena de Laura Lyn pode chegar a 15 anos de prisão.
LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tributos
Dificuldade para aprovar reforma tributária
Economia
Redução do preço da energia solar tem sido vertiginosa, diz EPE
Brasil
Deportado do Paraguai, o líder de contrabando de cigarros
Economia
Pequenos negócios tem até o dia 31 para aderir ao Simples Nacional
Campo Grande
"Trad é uma decepção, como prefeito", disse moradora da capital
Esporte
Arbitras de futebol foram agredidas por jogadores
UFC
Curtis Blaydes aproveita falha e vence Junior Cigano por nocaute no segundo round no UFC Raleigh
Polícia
Deputado paraguaio acusa os irmãos Azevedo
Fronteira sem lei
Deputado por pouco se salvou, mas a casa e o carro ficaram crivados de bala
Internacional
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança