Menu
Busca Qua, 27 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Paraguai

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão vão algemados a prestar depoimento

08 março 2020 - 10h00Por Plantão de Notícias

Ronaldinho Gaúcho está preso juntamente com seu irmão e mais três mulheres paraguaia e um brasileiro dono de cassino em Asunción.

O empresário da jogatina no Paraguai já foi citado por ter vínculo com o falecido Janene - deputado federal envolvido em casos de corrupção, conforme desvendou a operação Lava Jato.

O que parece bizarro, na verdade, é a ponta de um iceberg de corrupção, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos públicos e contrabando.

 

Ronaldinho Gaúcho usou documentos absolutamente falsos, bizarrice extremamente tosca, já que o jogador tem fama mundial. Só um inbecil para achar que iriam acreditar que o jogador seria paraguaio.

Agora está preso preventivamente porque se for solto e condenado não haveria cumprimento da pena, já que o domicílio do ex-jogador é no Brasil, que não deporta seus nacionais.

Ronaldinho Gaúcho bom no futebol, se mete em rolo por ganância ou burrice, ou as duas situações juntas, para vergonha do Brasil e Paraguai.

 

 

violência contra a mulher 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ms
Governador em exercício Paulo Corrêa cumpre agenda em três municípios, onde vistoria e lança obras
Tempo
Quarta-feira típica de verão em Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Presidente da Alems, Paulo Corrêa assume como governador em exercício de MS, nas férias de Reinaldo Azambuja
Campo Grande
Dono de hotel é detido com droga e dinheiro no centro
Campo Grande
Agentes da PRF interceptam carga de 9,5 tonelada de maconha na MS-276
Campo Grande
Onça solta no Pantanal já se alimentou e até atravessou o Rio Paraguai a nado
Covid 19 em MS
MS registra 1.047 novos casos; outros 5,2 aguardam encerramento
Marido matou esposa com 17 tiros após churrasco de família em fazenda de MS
Campo Grande
Quatro presos fogem do presídio de segurança Máxima de madrugada
Três Lagoas
Homem agride companheira e é preso por menina.