Menu
Busca Qui, 04 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Energisa - Comissão Parlamentar de Inquérito

A Energisa desrespeita seus consumidores no MS

06 novembro 2019 - 09h09Por Plantão de notícias

Moradores de diversos municípios iniciam organização de entidade para lutar contra os abusos da concessionária que, pelo visto, domina a maioria dos deputados estaduais que se negaram a constituir uma CPI da ENERGISA.

Em Campo Grande os vereadores Salineiro, Vinícius e Gomes, compõem a comissão da Câmara Municipal de Vereadores que irá investigar os serviços da concessionária, cuja qualidade é questionável e ultimamente os aumentos tem sido indevidos.

Um grupo de advogados estarão compondo equipe de assessoria à essas entidades que serão constituídas para defender os consumidores de cada município do estado.

Outra interrogação é sobre a cobrança da iluminação pública, em cima do consumo da unidade, sendo que muitas vezes nem iluminação há na rua do consumidor.

Qual é o valor arrecadado pela ENERGISA também de iluminação pública? Quanto repassa ao ente municipal?

A ENERGISA deixa muito a desejar na qualidade dos seus serviços e no interior tem diminuído o número de funcionários o que prejudica ainda mais o consumidor.

" Se os deputados estaduais não dão importância aos consumidores então a sociedade vai ter que se organizar e buscar respeito ao seu direito." disse uma advogada especializada em direito do consumidor.

Os trabalhos de organização tem início nesta segunda-feira, com reunião de profissionais de vários municípios, para elaborar plano de trabalho a ser executado em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, contra a ENERGISA.

"Os deputados estaduais traíram seus eleitores, a população não pode se esquecer dessa trairagem' disse um parlamentar que foi derrotado na proposta da CPI da ENERGISA. " Eles (os deputados) fazem coisas que eu não faço

Deputado Federal Loester Trutis chamou os deputados estaduais de "bunda mole" e "covardes" que não defendem a população e sim a ENERGISA.

A Senadora da República Soraya Tronick (PSL) enviou um requerimento do senado exigindo explicações dos deputados estaduais que se acovardaram de abrir a CPI da ENERGISA.

Hoje alguns deputados tentaram se justificar, mas passaram recibo da total falta de compromisso com a população do estado.

Há fato específico, constituído no aumento indevido, cobrança casada de iluminação pública com consumo de energia, oscilações constantes na energia em todos os municípios do estado.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa, foi muito "covarde" em argumentar que haveria gasto de 200 mil reais e não existe fato específico, disse Trutis

Nas redes sociais a população do estado se revoltou com os deputados e vereadores.

A ENERGISA está sugando a energia do povo, com a convivência das autoridades estaduais.

E reclamam das redes sociais? Eles tem que prestar contas de suas atitudes. O povo quer saber, onde está o dinheiro da iluminação pública e qual a justificativa para absurdos aumentos.

"Quero ver esse deputado aparecer na minha frente, com aquela cara de manhã chupada e voz de velha ranheta.", Disse um ex-eleitor de Paulo Corrêa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Geraldo Resende continuará suplente de deputado federal e secretário de saúde a pedido do governador Reinaldo Azambuja
Política
Trad usa subterfúgio para fazer campanha extremporâmea, usando balãozinho chamado Pedrossian Neto.
Brasil
George Floyd estava infectado com novo coronavírus, revela autópsia
Meio Ambiente
Frigoríficos brasileiros compraram gado ligado ao desmatamento, diz Greenpeace
Coronavirus
Brasil inicia neste mês testes com vacina contra covid-19
Saúde Pública
Covid-19: Brasil tem 584.016 casos confirmados e 32.548 mortes
Geral
A água no Brasil: da abundância à escassez
Interior
Em Rio Verde uma ponte de madeira cai e deixa população isolada.
Polícia
PRF e PF apreendem carreta com mais de 5 mil quilos de maconha
Saúde
Brasil inicia neste mês testes com vacina contra covid-19