Menu
Busca Qui, 23 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

A partir de hoje a rodoviária da capital estará fechada, para cumprir determinação no combate ao Covid 19.

Marquinhos Trad prova inompetência, ausência de planejamento na prefeitura da capital, pois com essa medida surgirão os desembarques clandestinos.

05 junho 2020 - 08h30Por Luiza Pereira

A rodoviária de Campo Grande volta a fechar para cumprir as determinações do MP para prevenir o novo Coronavirus.

Campo Grande é uma das capitais de estado  com menor adesão às medidas de isolamento social.

Hoje houve diversos flagrantes de ônibus superlotados parando na calçada em frente à rodoviária para passageiros desembarcarem. Os passageiros eram procedentes de outros estados e do interior de MS.

A prefeitura de Campo Grande, MS, não efetuou a fiscalização para evitar tais ocorrências que podem trazer pessoas infectadas da Covid 19.

"A falta de atitude para fazer valer as medidas de prevenção é um estopim prestes a pegar fogo e explodir o sistema de atendimento médico, hospitalar." disse um médico, denunciando, inclusive que "na capital não tem mínima estrutura para atender um surto, imagina a pandemia.".

Para um taxista, Marquinhos Trad (prefeito) é um despreparado. Tudo que ele faz vira problema. Agora os ônibus vão parar na clandestinidade".

"A gente vê que o ele combina é com os vereadores, com o povo é "zero", reclamou um assessor de vereador da capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fogo
Combate aos incêndios no Pantanal mobiliza 510 homens e seis aeronaves: incidência de focos é menor em três anos críticos
Eleição 2022
Senado aprovou novo Código Eleitoral e vai à sanção presidencial.
Economia
Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano
CPI da Covid
CPI: diretor da Prevent Senior é acusado de mentir e passa à condição de investigado
Brasíl
Sem coligações, CCJ do Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Polícia Federal
A Operação Apate cumpre mandados em São José dos Campos
Brasilia
CPI da Covid-19; início da sessão com "rasgação de seda" entre senadores da oposição tentando reverter a impressão negativa da briga causada por senadora e ministro
Brasília
Briga na CPI: presidente da CPi fala que Bolsonaro causa vergonha, senador Marcos Rogério rebate dizendo que a CPI da Covid que faz vergonha a muito tempo.
Tempo e temperatura
Primavera começa com tempo claro e ensolarado em Mato Grosso do Sul
Brasília
CPI termina com sessão em briga, agressão verbal entre senadores e Ministro da CGU.