Menu
Busca Qui, 23 de maio de 2019
(67) 9.9928-2002
Judiciário do MS

Nos processos judiciais pelos convênios do Nelsinho e André com Omep e Seleta absolvem Nelsinho e continua contra Bernal

15 maio 2019 - 07h00

Segundo o Campo Grande news, Nelsinho Trad, ficou 8 anos usando esses convênios com a Omep e Seleta, foi sumariamente absolvido por uma turma do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Veja a matéria:

A 3ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) absolveu o ex-prefeito de Campo Grande, o hoje senador Nelsinho Trad (PSD), da acusação de improbidade administrativa em denúncia sobre irregularidades nos contratos de terceirização de mão de obra firmados com a Omep (Organização Mundial para a EducaçãoPré-Escolar) e SSCH (Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária).

Para o Judiciário estadual, Nelsinho cumpriu o que lhe cabia em relação ao TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado junto ao MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) em 17 de agosto de 2011, que previa o fim das terceirizações de trabalhadores, principalmente na Semed (Secretaria Municipal de Educação) e SAS (Secretaria de Ação Social) em um prazo de 30 meses.
Os fatos foram alvos de investigações durante as gestões seguintes, de Alcides Bernal e Gilmar Olarte, mas apenas no início de 2017, já na administração de Marquinhos Trad (PSD), os contratos com as duas entidades foram encerrados.

Um importante jurista, disse que essa situação será reformada pela instância superior do judiciário, se o MP recorrer, porque para Nelsinho Trad a jurisprudência não funciona, nem a máxima de que nesse tipo de processo judicial, in"dúbio pro societatis", segue o processo; para  privilegiados essa regra jurídica e jurisprudencial, não funciona." é caso de recurso do MPE e ao CNJ.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF: maioria vota a favor da criminalização da homofobia
Aéreas criticam volta de bagagem gratuita; Idec diz que decisão do Congresso é positiva para o consumidor
Proposta que prevê gratuidade para bagagem de até 23 kg em voos domésticos ainda depende de sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro.
INTERIOR
Nova Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados deve entrar em pré-operação em junho
AMIZADE FORTE
Para celebrar 30 anos de amizade, idosas fazem tatuagem de ‘copo de cerveja’
FAMOSOS!
Padre Fábio de Melo sofre mal súbito, é levado às pressas para hospital e momento é exposto em vídeo
EXPLORAÇÃO INFANTIL
Crianças em desfile para serem adotadas: o que pode acontecer com elas?
PM tentou atrapalhar investigações sobre o assassinato de Marielle, aponta relatório da PF
INTERIOR
Caçamba que saiu de São Paulo e seguia para Vicentina pega fogo na MS-395 e chamas se espalham pela vegetação
INTERIOR
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil em Itaquiraí
SAÚDE
Em apenas cinco meses de 2019, dengue já matou em MS quatro vezes mais do que em todo 2018