Menu
Busca Sáb, 06 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Assassinato de uma jovem que queria se divertir

08 novembro 2019 - 09h00Por Plantão de noticias

Poucos dias após a morte de Luana Farias de Oliveira, de 20 anos, atingida por estilhaços de garrafa de vidro durante uma briga em um baile funk, na madrugada do dia 3, em Campo Grande, a irmã dela, Jéssica Farias, desabafa.

 

'Parecia que ela estava se despedindo da gente. Meu pai não mora mais aqui [em Campo Grande]. Fim de semana passado ela chamou ele, ele veio, a gente se divertiu na casa da minha avó paterna. Antes de ir para a festa, a gente se divertiu tanto [em casa]. Ela dançou com meu filho. E depois ela queria se divertir com o marido. Não tem uma semana que ela me convidou no Facebook para colocar in memorian caso acontecesse alguma coisa com ela. Tem um mês que minha mãe começou a pagar pax. Parecia que estava tudo na nossa cara e a gente não via isso. Ela deu tchau pra todo mundo", relembra Jéssica, emocionada.

 


Jéssica, emocionada, falou sobre momentos da irmã — Foto: Reprodução/TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jamil Name estará de volta para o presídio de Campo Grande, MS.
Marquinhos Trad
Prefeito de Campo Grande realiza ato de incineração de 200 pipas e 280 carretéis de linha.
Campo Grande
Festas foram canceladas, aglomeração desfeita pela GCM
Acidente
Acidente com duas mortes ocorreu na noite desta sexta-feira na BR 376, em Vicentina.
Saúde Pública
Total de mortes por Covid-19 no Brasil ultrapassa 35 mil e casos vão a 645.771
Bolsonaro × Rede Globo
"Acabou matéria do Jornal Nacional", diz Bolsonaro sobre atraso em divulgação de casos de Covid-19
Saúde
Brasil pode ter prioridade no uso da vacina de Oxford contra covid-19
Campo Grande
Passageiros reclamam de espera por 4 horas em terminal do transporte coletivo
Fronteira
Carro roubado e drogas são apreendidos pela PM em Ponta Porã
Polícia
Dourados: PRF dá flagrante em irmãs traficantes.