Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
CAPITAL

Com shows musicais, festas do Dia do Trabalhador esperam reunir 50 mil

Por Carol Assis
Centrais sindicais programaram pelo menos dois grandes eventos em alusão ao Dia do Trabalhador, a serem realizados entre terça (30 de abril) e quarta-feira (1º de maio). As atividades, que juntas têm expectativa de público de 50 mil pessoas, incluem de música a sorteio de brindes e, também, críticas a medidas adotadas recentemente pelos governos e que contrariam as agendas das entidades e até mesmo a defesa do ex-presidente Lula, recentemente condenado em segunda instância e preso por corrupção.

Com a expectativa de reunir cerca de 10 mil pessoas na Esplanada Ferroviária, o ato Trabalhador@s na rua acontece a partir das 18h do dia 30. A banda Muchileiros, as duplas João Lucas & Walter Filho e Los Divinos: Paulo e Geraldo, Zezinho do Forró, o grupo Eco do Pantanal, o Teatro Imaginário Maracangalha e a cantora Juci Ibanhez farão apresentações musicais e artísticas durante o evento, que tem entrada gratuita.

O show musical, porém, é apenas parte do evento, que tem como objetivo a defesa do direito dos trabalhadores, segundo explicou Mariuza Guimarães, presidente da Adufms (Associação dos Docentes da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), uma das entidades que organizam o ato. Ela explica que a pauta é diversa, estendendo-se a diferentes temas recentes que, de alguma forma, atingem direitos dos trabalhadores.

Vamos fazer também atos de repúdio às reformas do governo que prejudicam os trabalhadores, incluindo o estado de exceção na prisão do Lula, entre outras questões afrontosas à democracia, explicou Mariuza. A dirigente sindical explica, ainda, que a realização do ato no dia 30 atende a uma solicitação da CUT (Central Única dos Trabalhadores), que agendou para o mesmo dia um ato de desagravo a Lula em Curitiba (PR) o ex-presidente cumpre pena na sede da Superintendência Federal da Polícia Federal na capital paranaense.


Além da Adufms, o evento é organizado pela CUT-MS (Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul), CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), UGT (União Geral dos Trabalhadores) e Nova Central, além da Frente Brasil Popular, MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Fetems (Federação dos Trabalhadores na Educação de Mato Grosso do Sul) e Cassems (Caixa de Asisstência dos Servidores de Mato Grosso do Sul).

Sorteio  No dia 1º de maio, a partir das 14h, está prevista a festa do trababalhador organizada pela Força Sindical de Mato Grosso do Sul, que terá o apoio do governo do Estado. Em sua quinta edição, o ato acontece na praça do Rádio Clube e terá shows das duplas Munhoz e Mariano e Alex & Yvan entre outras atrações ao longo do dia e sorteio de um automóvel HB20 branco e de duas motocicletas que foram doados, entre outros prêmios.

A participação nos sorteios depende da doação de alimentos não perecíveis, a serem trocados por cupons no dia do evento ou antecipadamente, nos sindicatos filiados à Força Sindical na Capital ou nas praças Ary Coelho e do Rádio cada quilo dará direito a cinco cupons.

Temos três objetivos com essa festa: comemorar com todos os trabalhadores com sorteio de prêmios; levar cultura, com shows regionais e um nacional; e praticar a solidariedade com entrega de alimentos para entidades, disse o secretário-geral da Força, Adauto Cândido de Almeida.

O evento também tem entrada gratuita. A expectativa é de que 40 mil pessoas passem pelo local no ano passado, a festa atraiu 20 mil pessoas e resultou em alimentos que forma distribuídos a 120 entidades assistenciais do Estado.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Dia mundial da limpeza em Campo Grande, passou desapercebido pelo prefeito Marcos Trad
Política
Em Campo Grande veículo da prefeitura pega fogo e coloca população em risco
As chamas consumiram o veículo da GM em frente a escola no Jardim.Anache
Brasil
Secretário de Estado norte-americano chega a Boa Vista Mike Pompeo visitará ainda Colômbia, Suriname e Guiana
Brasil
Bolsonaro diz que país está em fase final de “grande provação”
Brasil
IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
Justiça determina que deputada Flordelis use tornozeleira eletrônica
Brasil
Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax
Brasil
Ministro Benedito Gonçalves contrai Covid-19, informa assessoria do STJ
Cultura
É pecado sonhar?
Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19