Menu
Busca Ter, 26 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Comerciantes e consumidores reclamam de multas, sujeira e falta de estacionamento na 14 de julho na capital.

Taxistas são privilegiados pois tem vagas sem ocupar e agentes de trânsito multam clientes da região central.

23 novembro 2020 - 14h32Por N.V. CG

Comerciantes da 14 de julho reclamam da situação criada pelo prefeito Marquinhos Trad que incentiva fiscais da Agetran a multar aqueles que se sacrificam em conseguir vaga para poder comprar ou vender na via recém revitalizada.

Comerciantes reclamam dos fiscais de trânsito que parecem ter prazer em afugentar consumidores do local.

"Tem dez vagas para táxi na 14 com Afonso Pena, não tem táxi, as vagas ficam liberadas uma cliente parou lá na última vaga e foi multada. Essa situação é revoltante. Para que tantas vagas para taxistas? Eles não param, não pagam, mas tem privilégio de reserva de estacionamento." revoltou-se comerciante que viu uma senhora ser multada e desrespeitada pelos agentes de trânsito.

"A ganância da gestão Trad é impressionante. Cobra taxa de lixo, mas a limpeza é zero" disse um funcionário de condomínio na 14 de julho.

Um jornalista e dentista postou em suas redes sociais um vídeo registrando o desleixo e a sujeira na rua 14 de julho.

Veja: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10207771928373103&id=1740777613&sfnsn=wiwspwa 

A prefeitura não respondeu aos chamados e a Agetran estava fechada às 14 horas.

 

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
Tempo
Terça-feira de tempo claro, calor e pancadas de chuva à tarde
Campo Grande
Casa de Evento na MS-080 reuniu cerca de 15 mil pessoas no sábado no Show de dupla sertaneja
Fronteira
"Gringo Gonzales", considerado um dos mais temidos do mundo do crime, foi preso em PJC.
Fronteira
Pistoleiro que executou policial paraguaio foi preso e transferido para Assunção.
Campo Grande
Festa com aglomeracão é flagrada e organizadores vão parar na polícia.
Oxigênio
Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus
Covid 19 em MS
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
Vacina
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Acidente
Avião cai em TO com jogadores e presidente do Palmas Futebol