Menu
Busca Sáb, 24 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
CAPITAL

Corpo de idosa assassinada deve ser enterrado só depois do Carnaval

27 fevereiro 2019 - 13h00

O Corpo da aposentada Dirce Santoro Guimarães Lima, 79 anos, deve ser enterrado após o Carnaval, quando a sobrinha da vítima, a oficial de Justiça Leila Maria Santoro, 55 anos, residente em Itamonte (MG) vem à cidade fazer a liberação. Dirce não tinha parentes no município e morava sozinha desde o falecimento do marido.

A idosa foi agredida até a morte pela motorista Pâmela Ortiz de Carvalho, 36 anos, que prestava serviço como "táxi da vovô". A mulher, que admitiu o crime para não pagar as dívidas que havia feito em nome da aposentada, foi presa em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver. 

O corpo dela foi encontrado na última segunda-feira (25) e permanece no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). Por telefone, Leila disse à reportagem que vem para Campo Grande somente no dia 18 de março. Antes disso, vai tentar encaminhar procuração para o agente de saúde, identificado como Wellington liberar o corpo junto ao Imol e fazer o enterro. “Só vou conseguir ir depois do Carnaval. Já tenho voo marcado. Não é justo deixar a minha tia numa geladeira”, lamentou.

Ela contou ainda que vem acompanhada por uma irmã de criação da aposentada. As duas são as únicas da família que eram mais próximas de Dirce. Pois a mãe de Leila, irmã da vítima, já faleceu. Hoje de manhã, as vizinhas da idosa lamentaram a morte da amiga, que vivia numa vila de casas, no Bairro Santo Antônio.

Uma moradora de 56 anos disse que já havia alertado a vizinha sobre Pâmela, que prestava serviço de táxi da vovó para Dirce. “Achei muito estranho o envolvimento dela com essa mulher. Dirce não tinha parentes próximos e desconfiava de todo mundo. Era briguenta e não deixava ninguém passá-la para trás”, contou.

Ainda segundo as vizinhas, Dirce era uma mulher ativa, acordava cedo para limpar a casa, varrer a calçada e dar comida para os cachorros e gatos da rua. “Como alguém tem coragem de fazer isso com uma velhinha”, lamentou. 

Com informações do Campo Grande News

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão