Menu
Busca Sáb, 24 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
CAOS NA CAPITAL

Ruas se transformam em rios e água invade carros estacionados

De acordo com os bombeiros, foram registrados vários pontos de alagamento em Campo Grande.

26 fevereiro 2019 - 20h09

oram duas horas de chuva em Campo Grande, o suficiente para registrar vários pontos de alagamento pela cidade no final da manhã desta terça-feira (26). Avenidas movimentadas foram tomadas pela água, carros ficaram ilhados e córregos transbordaram.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrão, até às 12h desta terça, foram registrados 60,8 milímetros, em um período de chuva de 2h25. A previsão para o mês é de 171 milímetros.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registrados pontos de alagamento em alguns cruzamentos da avenida Ernesto Geisel. O principal foi na esquina com a avenida Rachid Neder.

Os bombeiros também confirmaram alagamento na saída para a cidade de Três Lagoas e nas esquinas da avenida Via Parque com a Mato Grosso. Moradores de uma residência acionaram o socorro após ter a casa invadida por enxurrada.

G1MS

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão