Menu
Busca Sex, 23 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
TEMPO

Em MS, 57 cidades estão em alerta de chuvas intensas até domingo

Elencada como “perigo potencial”, a chuva pode vir acompanhada com ventos intensos de 40 a 60 km/h

23 fevereiro 2019 - 16h25

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), 57 cidades de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande, estão em alerta para chuvas intensas. O aviso é válido a partir da tarde deste sábado (dia 23) até às 2 horas de domingo (dia 24).

As cidades em alerta são: Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Corguinho, Coxim, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Fátima do Sul.

Também entram no radar Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Ivinhema, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde do Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas, Vicentina e Água Clara.

Elencada como “perigo potencial”, a chuva pode vir acompanhada com ventos intensos de 40 a 60 km/h, mas há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas, de acordo com o Inmet.

A previsão divulgada há pouco também aponta para sol com poucas nuvens pela manhã, nos próximos dias, com pancadas de chuva isoladas. Em pontos isolados do norte, que compreende Sonora, Coxim, Campauã, Figueirão, entre outros, a precipitação pode vir forte especialmente à tarde.

Na terça-feira (dia 26), uma nova frente fria atinge algumas regiões do oeste e sul do Estado, provocando aumento de nebulosidade, chuvas e declínio de temperatura. A mínima é de 20ºC e máxima pode chegar a 35ºC.

Chuva - Na tarde deste sábado, já caiu chuva em alguns pontos de Campo Grande, como nos Bairros Jardim dos Estados e Rita Vieira, por exemplo. Não há, por enquanto, registro de estragos e alagamentos. 

fonte:campograndenews

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão