Menu
Busca Seg, 01 de março de 2021
(67) 9.9928-2002
Negligência

Entidades criticam a Prefeitura e falam de providências para piso tátil

Obra no centro de Campo Grande gera revolta em dirigentes do Ismac e Advims

17 janeiro 2019 - 14h30

Em repercussão à denúncia feita pelo Jornal O Estado, de negligência da obra do Reviva Campo Grande, quanto a critérios de acessibilidade, a reportagem ouviu dois presidentes de entidades ligadas a defesa de interesses de deficientes visuais. 

Além da revolta pelo descumprimento do que está em lei, ambos se mostraram estarrecidos pela possibilidade cogitada pela organização do programa, em adotar medidas paliativas, por meio de adesivos, para identificar o trajeto de acessibilidade a portadores de deficiência visual. 

“O deficiente visual não pode esperar o fim da obra para que tenha o seu direito respeitado. Vamos tomar providências, até porque na apresentação da maquete do projeto foi assegurada a acessibilidade, até porque trata-se de uma intervenção moderna na área central”, destacou o presidente da Advims (Associação dos Deficientes Visuais de Mato Grosso do Sul), Silvan Cardoso de Azevedo. 

A indignação também é da representante máxima do Ismac, Instituto Sul Mato Grossense para Cegos Florivaldo Vargas, referência em políticas públicas para portadores de deficiência visual. 

“Acessibilidade não é só para alguém que possua deficiência. Serve a todos, está garantida por lei, tendo que seguir normas técnicas. Mais que o piso tátil  precisamos de calçadas com o desenho universal que atenda o respeito ao direito de ir e vir das pessoas, com segurança”, fala Telma Nantes, presidente do instituto. 

A respeito do problema, a assessoria do Reviva Campo Grande cita que já foi testado duas alternativas de piso tátil, e que já existe uma delimitação de  espaço para a instalação do que for usado nas calçadas. No retorno à reportagem foi lembrado que as obras ainda estão em andamento.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Prefeitura vai pagar a folha somente no dia 5, mas o Governador afirmou que os servidores estaduais receberão amanhã (02)
Brasíl
Mês de março tem Dia da Mulher, início do outono e Dia da Água
Brasíl
Sem acordo, Lira cria comissão especial para discutir PEC da imunidade
Leão
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje
Campo Grande
A sujeira virou tradição em Campo Grande
Oportunidade
Evento on-line da Sedhast para os 79 municípios de MS começa nesta segunda-feira
Campo Grande
Prefeitura gasta muito recurso público, mas não consegue resolver problemas de semaforizacão, causando riscos e prejuízo à população.
Geral
Temporada de pesca começa com cota de 2020 valendo: um exemplar e cinco piranhas
Tempo
Março terá acumulados de chuva e calor acima da média em Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Presidente do TJ recebe visita do Cônsul da República do Líbano