Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
campo grande

Lixo e mato alto em calçada incomodam moradores e pedestres no Tiradentes

Por Carol Assis
Mato, lixo e materiais de refúgos em construções que se acumulam por trecho da calçada da Avenida José Nogueira Viêira no Bairro Tiradentes, complicam a passagem de pedestres e gera reclamações recorrentes dos moradores pela vizinhança.

Conforme uma leitora que preferiu não se identificar, o trecho em questão fica próximo ao ponto de ônibus do lado de um condomínio residencial. O que incomoda os usuários de coletivos. 

?Nesta esquina era para ser construído galerias mas está fechado a mais de 18 anos e com isso só se acumula lixo e resto de alvenaria, sofá, colchão. Árvores também já tomaram conta do local?, se queixa a moradora.

Limpeza - A coleta de galhos, poda de árvore, restos de construção, sofás, geladeiras e quaisquer outros resíduos volumosos e sem utilidade (inclusive lixo descartado em pontos irregulares), não são de responsabilidade da Solurb, empresa responsável pela coleta de lixo na cidade.

Denúncias - Nestes casos a responsabilidade é da (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) que pode ser acionada pelos telefones 3314-3676/3675 // 116 ou 156.
A reportagem encaminhou a situação para a secretária.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance