Menu
Busca Qua, 16 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Corrupção

Mais ações judiciais e bloqueio de bens de Nelson Trad Filio

14 maio 2019 - 10h45Por Plantão de notícias

São casos absurdos como esse que dão a exata dimensão da imensidão da corrupção que assola o país.

Nelson Trad Filho é um médico formado no Rio de Janeiro, filho de família tradicional de Mato Grosso do Sul.

O pai, Nelson Trad, foi vice-prefeito de Campo Grande, deputado estadual e deputado federal por diversos mandatos, mas nunca foi um homem abastado, praticamente não deixou herança para sua numerosa prole de seis filhos.

Na realidade, o velho Nelson Trad nunca foi aficionado por dinheiro, vivia bem, mas ao longo de sua vida, em diversos momentos, teve dificuldades financeiras, não obstante o enorme prestígio angariado junto a sociedade de Mato Grosso do Sul, como advogado e político.

Diferentemente, o filho, Nelsinho Trad, tudo indica entrou para a política com o firme propósito de ganhar dinheiro e se enriquecer, custe o que custar, doa a quem doer.

Em sua primeira candidatura, em 1992, Nelsinho praticamente não tinha bens, com exceção do imóvel onde até hoje funciona a sua clínica de Urologia, doada em vida pelo pai, patrimônio que o velho Nelson adquiriu da falecida Mirtô Costa, na época por uma verdadeira ‘pechincha’, um grande negócio, que englobava outros imóveis vizinhos. Foi a herança que deixou para o primogênito.

Hoje, após uma estadia de dois mandatos na prefeitura de Campo Grande, Nelsinho está com R$ 809 milhões bloqueados pela Justiça, por supostos desvios em operações de tapa-buracos na cidade. De onde saiu essa fortuna?

Não é a toa que a cidade hoje está toda esburacada.

O pior é que na ânsia de conseguir o nefasto ‘foro privilegiado’, o ex-prefeito luta insanamente para conseguir se alojar num mandato de senador.

É a lama!

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO OMERTA
Policial federal e mais sete envolvidos em milícia tem prisão preventiva decretada
Covardia
Policial flagra perseguição e 2 são presos após roubarem mulher que caminhava com namorado na Orla
"Morto estava vivo"
Morto grita para sair de caixão e leva familiares às gargalhadas
Policia
Polícia do Rio prende suspeito de usar gás para lavar dinheiro
18 toneladas
Polícia incinera em MS 18,3 toneladas de drogas apreendidas na região de fronteira em dois meses
Policia
Jovem cai em golpe pelo WhatsApp e deposita dinheiro para estelionatário em MS
Justiça
Acusado de matar ex-sogra em MS é considerado inimputável e irá para internação
Política
"Eu quero provar que Moro é o bandido, não eu", diz Lula à RTP
Famosos
16 de outubro : aniversário de 90 anos de Fernanda MontenegroConfira alguns momentos marcantes deste dia!
Frota sugere Pabllo Vittar para ministério: ‘No lugar da Damares, faria melhor’