Menu
Busca Qui, 23 de maio de 2019
(67) 9.9928-2002
Corrupção

Mais ações judiciais e bloqueio de bens de Nelson Trad Filio

14 maio 2019 - 10h45

São casos absurdos como esse que dão a exata dimensão da imensidão da corrupção que assola o país.

Nelson Trad Filho é um médico formado no Rio de Janeiro, filho de família tradicional de Mato Grosso do Sul.

O pai, Nelson Trad, foi vice-prefeito de Campo Grande, deputado estadual e deputado federal por diversos mandatos, mas nunca foi um homem abastado, praticamente não deixou herança para sua numerosa prole de seis filhos.

Na realidade, o velho Nelson Trad nunca foi aficionado por dinheiro, vivia bem, mas ao longo de sua vida, em diversos momentos, teve dificuldades financeiras, não obstante o enorme prestígio angariado junto a sociedade de Mato Grosso do Sul, como advogado e político.

Diferentemente, o filho, Nelsinho Trad, tudo indica entrou para a política com o firme propósito de ganhar dinheiro e se enriquecer, custe o que custar, doa a quem doer.

Em sua primeira candidatura, em 1992, Nelsinho praticamente não tinha bens, com exceção do imóvel onde até hoje funciona a sua clínica de Urologia, doada em vida pelo pai, patrimônio que o velho Nelson adquiriu da falecida Mirtô Costa, na época por uma verdadeira ‘pechincha’, um grande negócio, que englobava outros imóveis vizinhos. Foi a herança que deixou para o primogênito.

Hoje, após uma estadia de dois mandatos na prefeitura de Campo Grande, Nelsinho está com R$ 809 milhões bloqueados pela Justiça, por supostos desvios em operações de tapa-buracos na cidade. De onde saiu essa fortuna?

Não é a toa que a cidade hoje está toda esburacada.

O pior é que na ânsia de conseguir o nefasto ‘foro privilegiado’, o ex-prefeito luta insanamente para conseguir se alojar num mandato de senador.

É a lama!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aéreas criticam volta de bagagem gratuita; Idec diz que decisão do Congresso é positiva para o consumidor
Proposta que prevê gratuidade para bagagem de até 23 kg em voos domésticos ainda depende de sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro.
INTERIOR
Nova Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados deve entrar em pré-operação em junho
AMIZADE FORTE
Para celebrar 30 anos de amizade, idosas fazem tatuagem de ‘copo de cerveja’
FAMOSOS!
Padre Fábio de Melo sofre mal súbito, é levado às pressas para hospital e momento é exposto em vídeo
EXPLORAÇÃO INFANTIL
Crianças em desfile para serem adotadas: o que pode acontecer com elas?
PM tentou atrapalhar investigações sobre o assassinato de Marielle, aponta relatório da PF
INTERIOR
Caçamba que saiu de São Paulo e seguia para Vicentina pega fogo na MS-395 e chamas se espalham pela vegetação
INTERIOR
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil em Itaquiraí
SAÚDE
Em apenas cinco meses de 2019, dengue já matou em MS quatro vezes mais do que em todo 2018
CAPITAL
Polícia faz nova busca em local onde motorista de aplicativo foi morto: 'Foi um crime passional, agressivo e cruel'