Menu
Busca Sex, 25 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
campo grande

Na Vila Bandeirantes, veículos sobem na calçada para desviar de buracos

04 fevereiro 2018 - 11h59Por Ribero Júnior
Transtorno. É o resultado das obras de recapeamento realizadas pelo Exército Brasileiro, que em fevereiro completam um ano, e começam a trazer problemas para os moradores da Vila Bandeirantes, em Campo Grande. Com o andamento das obras, o trânsito intenso da Avenida Brilhante sempre é direcionado para as ruas adjacentes, que acabam não suportando o fluxo de veículos, sendo tomadas por buracos. 

Foi o que aconteceu com a Avenida Marechal Floriano, na altura da Rua Dr. Mario Quintanilha. Nela, os veículos sobem na calçada para desviarem dos buracos abertos pelo tráfego pesado. O flagrante foi feito pelo fotógrafo André de Abreu, que cansado do descaso do poder público, denunciou o caso nas redes sociais. 

Abreu, que mora na avenida, diariamente vê a manobra realizada pelos motoristas que passam pelo local. "Não passam dois carros ao mesmo tempo", afirma. "Os carros não conseguem trafegar sem passar em algum dos buracos, os veículos precisam até subir pela calçada como mostra as fotos", relata.
O fotógrafo ainda lembra que os moradores já colocaram o que tinham "como pedras e entulhos" como forma paliativa para diminuir o problema, o que não ajudou muito. 

"Recentemente a Águas Guariroba fez uma manutenção logo a frente da esquina e, só onde trabalharam, o asfalto foi corrigido", comenta.
Além do fluxo de veículo que chegou a ser desviado pelo Exército, André relata caminhões que abastecem um hipermercado que fica ao lado do cruzamento, também tem contribuído para o desgaste da via. 

Em página no Facebook, Abreu cobra providências das autoridades. "Chamo a atenção dos nossos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande - MS e a Prefeitura Municipal de Campo Grande para tomar providências em nossa região", finaliza.
Repostas
Por meio da publicação do fotógrafo, alguns parlamentares se manifestaram. "A solicitação foi registrada e será monitorada até o seu cumprimento! Lembrando que cabe à prefeitura o serviço e à legislatura a fiscalização! Ficarei de olho!", comentou o vereador Pastor Jeremias (Avante). 

Outro a responder a reclamação foi Papy (SD). "Lamentável essa situação! Farei a solicitação ao Executivo e esperamos que tomem as providências. A título de conhecimento fiz em 2017 requerimento solicitando explicações do município sobre as obras realizadas pelo exército na av brilhante e também nos reunimos com os comerciantes da região!", disse. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Campo Grande, que informou que desde quarta-feira (31), a equipe de tapa-buraco está na Rua Albert Sabin e nos próximos dias deve atender outras vias da região. 
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corrupção
Operação da PF apura desvios no SUS de mais de R$ 2 milhões Ao todo 10 mandados de busca e apreensão foram cumpridos no RS e ES
Brasíl e Mundo
Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena
Brasíl e Mundo
Time coloca Bolsonaro entre 100 mais influentes e o responsabiliza por mortos na pandemia e crise ambiental
Saúde
J&J inicia estudo final de vacina contra Covid-19 em 60 mil voluntários
Vacina contra Covid 19
Polícia
"Argumento para lacrar bancas do bicho é ocupação de calçadas sem autorização " disse site de notícias.
Rio de Janeiro
"Vai vendo ... Witzel faltou algumas aulas do prefeito Crivella " disse a fonte
Mundo
Torre Eiffel é esvaziada em Paris Informação é da equipe de imprensa da torre
Brasil
Elias Maluco é encontrado morto dentro de cela
Campo Grande
Mulher é encontrada morta com ferimentos graves dentro do banheiro no fundo de um salão de cabeleireiros
Fronteira
Foram presos contrabandistas, entre eles um dos policiais da Operação Omertà.